As piores temporadas de ótimas comédias: De Friends a The Office [LISTA]

Até os melhores showrunners cometem erros, mesmo que voltem aos eixos depois

Redação Publicado em 24/04/2020, às 10h01

None
Friends e The Office (Foto: Reprodução)

A TV norte-americana oferece um leque abrangente de sitcoms para aqueles espectadores que, após um longo dia de trabalho, só querem se desconectar da rotina massante.

+++ LEIA MAIS: The Office ultrapassa Friends como série mais assistida da Netflix; Veja as 10 principais

E, sim, embora seja natural que alguns programas se desgastem após quatro ou cinco temporadas, outros conseguem encontrar um desfecho bem-humorado e divertido.

No entanto, até os melhores produtores cometem erros e comprometem a qualidade da série, mesmo que voltem aos eixos depois.

+++ LEIA MAIS: Friends e The Office sairão da Netflix, mas diretor do serviço não está preocupado

Confira, abaixo, as piores temporadas de ótimas comédias:

 

FRIENDS (8ª TEMPORADA)

Existe uma trama de Friends que incomoda até os espectadores mais assíduos da stcom: o romance entre Rachel (Jennifer Aniston) e Joey (Matt LeBlanc), que se estendeu pela oitava temporada. 

O namoro entre eles, embora Rachel estivesse grávida de Ross, pareceu extremamente forçado pelos roteiristas - mas a ideia foi abandonada após a reação negativa por parte dos fãs. Assim, os showrunners tiveram que escrever novas histórias para a série de maneira apressada.

+++LEIA MAIS: É 2020 e atriz de Emma em Friends ‘acorda’ para responder piada de Chandler


 

SEINFELD (9ª TEMPORADA)

Uma das melhores séries de todos os tempos, Seinfeld ficou manchada pelo controverso episódio final, que decepcionou controverso episódio final, que decepcionou a crítica em 1998. Mas este foi apenas o reflexo do que já vinha sido exibido ao longo da nona temporada. 

Sem o roteirista e co criador Larry David, a série apelou para um humor mais depreciativo e sem fundamento, além de deixar o stand-up de Jerry Seinfeld de lado. No entanto, o desfecho de Seinfield roubou praticamente toda a atenção da mídia e dos fãs, que esqueceram-se do fato de que a temporada inteira foi péssima.

+++LEIA MAIS: Sem Friends e The Office, Netflix compra os direitos de Seinfeld


THAT ‘70S SHOW (8ª TEMPORADA)

That 70's Show sofreu com as saídas do protagonista Topher Grace e de Ashton Kutcher, que decidiram focar na carreira cinematográfica. Sem seu personagem principal, os roteiristas colocaram os holofotes da série em Jackie (Mila Kunis) e seu relacionamento com Fez (Wilmer Valderrama).

Apesar de tentar preencher o espaço deixado por Eric (Grace) com a chegada de Randy (Josh Meyers), os roteiristas de That 70's Show não encontraram um ritmo adequado para as novas circunstâncias da série.

+++LEIA MAIS: 7 músicas sobre coronavírus e quarentena para ouvir: de Twenty One Pilots a Adam Sandler [PLAYLIST]


THE OFFICE (8ª TEMPORADA)

A saída de Steve Carell no final da sétima temporada de The Office foi um problema para os roteiristas da série, que aproveitaram a popularidade de Ed Helms na franquia Se Beber, Não Case e deram a Andy um protagonismo insustentável.

Assim, personagens como Jim (John Krasinski) e Dwight (Rainn Wilson) foram deixados de lado para dar lugar a uma trama forçada em que Andy e Robert California (James Spader) brigavam pelo controle real do comando da empresa. 

+++LEIA MAIS: Cena de Michael Scott em The Office é tão triste que faz Jenna Fischer chorar até hoje; entenda


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL