Plastic Beach, do Gorillaz, pode ganhar sequência

"Gravei uma enorme quantidade de músicas para este disco, cerca de 80 fragmentos", disse o vocalista Damon Albarn a revista canadense

Da redação Publicado em 28/04/2010, às 13h54

Parece que a produção de Plastic Beach foi uma fase bastante criativa para o Gorillaz. O grupo produziu tantas músicas durante as gravações do último disco que o material pode chegar a render mais dois álbuns.

"Eu gravei uma enorme quantidade de músicas para este disco, cerca de 80 fragmentos no total", disse Damon Albarn, líder da banda virtual, em entrevista ao site da revista Spinner canadense. "Então, teoricamente, há uma parte dois e três de Plastic Beach, se a gente se sentir motivado a gastar mais alguns anos finalizando isso."

Segundo Albarn, como as músicas são bastante ecléticas, "leva bastante tempo para efetivamente tomar uma cara porque [na criação de Plastic Beach] não começamos com um modelo ou ideia. Nós começamos com uma ideia perdida do disco, que provavelmente significa algo diferente para mim do que para Jamie Hewlett, mas nós evoluímos." Pode demorar, mas o músico garantiu: "realmente há mais material, que esperamos que veja a luz do dia em algum momento".

Dentre este material, há uma música que Albarn gostaria de gravar com o cantor Engelbert Humperdinck. "Era ele quem ia fazer, mas desistiu, o que foi uma pena", disse o cantor à NY Magazine. "É uma música bastante dramática, mas comovente. É a imaginação da Terra perdendo sua força de gravidade e, então, começando a cair." Mesmo sem Humperdinck, a música vai ser lançada. "Eu vou finalizar isso", garantiu Albarn. "Só precisa de um vocal. Nós entramos em contato com [a cantora indiana] Asha Bhosle e acho que vai rolar. Talvez eu faça um dueto com ela."

As sequências de Plastic Beach devem demorar a sair. Albarn disse que eles ainda vão promover um LP até começo do ano que vem. Além disso, ele e Hewlett (responsável pelos personagens do Gorillaz) também estão produzindo uma ópera-rock, junto ao escritor e quadrinista Alan Moore (Watchmen, V de Vingança).