Polêmico vídeo de “Famous”, de Kanye West, é divulgado online

O rapper e a esposa, Kim Kardashian, estrelam o clipe ao lado de "dublês" de Taylor Swift, Donald Trump, George W. Bush, entre outros

Redação Publicado em 01/07/2016, às 18h54 - Atualizado às 19h06

Kanye West e Kim Kardashian em cena do polêmico vídeo de "Famous"
Reprodução/Vídeo

Kanye West estreou seu clipe para a faixa “Famous”, de The Life of Pablo, na última sexta, 24, em uma festa realizada em Los Angeles e transmitida ao vivo pelo Tidal. O clipe, talvez o mais provocador e controverso da carreira dele até agora, foi postado online, também pelo Tidal. Assista abaixo.

O trabalho traz versões sintéticas de celebridades – Taylor Swift, Donald Trump, o próprio West e a esposa, Kim Kardashian, entre outras – deitadas em uma cama, todos nus, como se fosse o fim de uma orgia. “Não é algo em apoio ou contra ninguém [que aparece no vídeo]”, disse o rapper sobre o clipe. “É um comentário sobre a fama”. “Famous” foi feito com diferentes colaboradores, segundo ele. O visual de “Famous” é claramente inspirado no quadro “Sleep”, de Vincent Desiderio, mas West também citou outras influências, dizendo que o artista visual “Matthew Barney é meu Jesus.”

Antes do evento de Los Angeles, West exibiu o vídeo de “Famous” para algumas celebridades próximas a ele. “Adivinhe qual é a resposta quando eu mostrei para eles?”, disse West à revista norte-americana Vanity Fair. “Eles querem estar na cama.”

O rapper Chris Brown, a atriz e ex-atleta Caitlyn Jenner, a ex-namorada de West, Amber Rose, e as figuras controversas do ator Bill Cosby e do ex-presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, também aparecem no vídeo.

Com participação de Rihanna, “Famous” integra o mais recente disco de West, The Life of Pablo, lançado este ano. Pouco depois que The Life of Pabloganhou vida em evento no Madison Square Garden, em Nova York – seguido por um lançamento exclusivo no Tidal e a posterior chegada aos outros serviços de streaming –, o álbum chegou ao topo das paradas norte-americanas.