Por que Brian May não aceitou Freddie Mercury como vocalista da banda Smile?

Apesar do futuro vocalista do Queen estar desesperado para entrar na banda, o guitarrista rejeitou a proposta dele de assumir o lugar de Tim Staffell

Redação Publicado em 27/12/2019, às 10h21

None
Freddie Mercury (Foto: MediaPunch / IPX)

 Brian May inicialmente rejeitou a ideia de Freddie Mercury assumir os vocais de Tim Staffell na banda Smile, nos anos 1960. O grupo fundado pelo guitarrista e o vocalista também contava com o baterista  Roger Taylor e o tecladista Chris Smith.

Segundo o site Express UK, Smith revelou detalhes da relação dos músicos com o futuro líder do Queen. O músico contou que Mercury frequentemente acompanhava os shows da banda The Kensington Tavern e, no final dos shows, sempre dava sugestões para os integrantes.

Freddie estava lá nos bastidores quando tocamos pela primeira vez [...] Depois de todos os shows, ele ficava, tipo: ‘Vocês sabem aquela parte em que a bateria entra? Bom, em vez disso, por que vocês não fazem assim?’. Ele sempre estava cheio de sugestões”, disse Smith.

+++ LEIA MAIS:  Freddie Mercury precisou implorar para entrar em uma banda antes do Queen; entenda

O tecladista, que estudou com Mercury na Ealing Art College, também falou da insegurança do cantor em relação às próprias composições e das comparações que fazia de si mesmo com May e Staffell.

“Freddie era o mais impressionado [pelas composições]. Eu tinha as chaves para a sala de música da universidade e Freddie aparecia com pedaços de música que ele escreveu e tocava no piano”

Ele completou: ‘Freddie se irritava consigo mesmo. Alguns dias ele colocava as mãos na cabeça desesperado [e dizia]: ‘Por que Tim e Brianconseguem fazer isso e nós não? Por que eu sou tão ruim?”

+++ LEIA MAIS:  Por que a família de Freddie Mercury não foi ao show do Queen no Live Aid?

Smith ainda disse que certa vez viu May, Taylor e Mercury juntos na universidade e imaginou que poderiam formar uma banda, mas, quando sugeriu que o cantor entrasse para o grupo, May rejeitou imediatamente.

“Eu lembro de andar pela Ealing Broadway com aqueles três [May, Taylor e Mercury] e pensar: ‘É isso, a banda’ [...] Eu disse para Brian: ‘Fred está desesperado para estar na Smile. Mas Brian ficou, tipo: ‘Não, não, não. Tim é o líder.”

Por fim, o tecladista contou que Mercury sentia que iria fazer grande sucesso. Ele disse: “[Freddie ] apenas olhou para cima e disse: ‘Eu vou ser grande! Você não faz ideia do quão grande eu vou ser’. Eu disse: ‘Tão grande quanto o Hendrix?’”.

E Freddie Mercuryrespondeu: “Oh yes”.


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'