Por que Elton John pensa que Reino Unido perderá 'geração de talentos' com Brexit?

Novamente, Elton John criticou o acordo do Brexit em relação às turnês artísticas

Isabela Guiduci Publicado em 10/06/2021, às 15h37

None
Elton John (Foto: Matt Sayles/Invision for Black Ink/AP Images)

Elton John criticou o acordo do Brexit em relação às turnês artísticas e, após o governo não garantir um avanço turístico com a União Europeia, o músico disse que o Reino Unido corre o risco de perder "uma geração de talentos".

O governo não conseguiu negociar viagens sem visto e autorizações de trabalho em toda a Europa para músicos e as respectivas equipes no acordo do Brexit - e o tópico tem sido muito discutido e criticado por milhares de artistas.

+++ LEIA MAIS: Elton John e Lady Gaga: Como começou a amizade que já dura há uma década?

Os artistas, segundo o NME, devem enfrentar altos custos para participar de turnês de música fora do continente, o que pode ser um empecilho para artistas em ascensão e em desenvolvimento devido às condições financeiras.

No Instagram, Elton John revelou que ele - acompanhado de Craig Stanley e Paul Strasberger - esteve com o responsável pelo acordo do Brexit, David Frost, "para explicar os danos que o acordo comercial que ele negociou com a Europa está causando à indústria musical do Reino Unido."

+++LEIA MAIS: Elton John não tem planos para lançar um disco tão cedo: 'Ninguém precisa'

"Apesar dessa catástrofe iminente, o governo parece incapaz ou não quer consertar esse buraco em seu acordo comercial e, por padrão, culpar a UE em vez de encontrar maneiras de sair dessa bagunça", disse.

O músico também descreveu as turnês como "parte essencial" da educação dos artistas, mas disse correr o risco de se tornar proibitivas sob o acordo atual: "A situação já é crítica e músicos em turnê, equipes e equipes de apoio já estão perdendo seu sustento [potencializado pela pandemia]."

+++ LEIA MAIS: Elton John compartilha “o melhor conselho” que recebeu na carreira

Ainda, Elton John reconhece os privilégios dos artistas já estabelecidos na indústria musical: "Temos a sorte de ter pessoal de apoio, finanças e infraestrutura para acabar com a burocracia que o acordo de Frost não criou."

"Infelizmente, nossa indústria não tem tempo. Está morrendo agora. O governo quebrou a promessa feita em 2020 de proteger os músicos e outras indústrias criativas do impacto do Brexit nas turnês pela Europa", refletiu.

+++ LEIA MAIS: Elton John agora tem a própria moeda oficial no Reino Unido

Por fim, concluiu: "Peço ao governo que resolva essa bagunça ou corremos o risco de perder futuras gerações de talentos que superam o mundo."

Veja a publicação completa:

+++LEIA MAIS: A história por trás de 5 sucessos de Elton John: De 'Your Song' a 'Tiny Dancer' [LISTA]

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Elton John (@eltonjohn)

 

 

 

 


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL