Por que Elvis Presley tinha tão pouco dinheiro quando morreu?

O cantor não se preocupou em poupar dinheiro para a família

Redação Publicado em 06/03/2020, às 11h28

None
Elvis Presley morreu em 1977 (Foto: NBC)

Elvis Presley viveu como um verdadeiro rei. O ícone do rock não se preocupou em poupar dinheiro para a família, e era conhecido por ser generoso nos presentes. Por isso, o patrimônio do cantor era surpreendentemente tímido quando faleceu em 1977.

Informações do site Celebrity Net Worth detalham as posses de Presley equivalentes a apenas US$ 5 milhões de dólares no ano em que morreu. O valor, corrigido com a inflação, equivaleria a US$ 20 milhões atualmente. 

+++ LEIA MAIS: Filha de Elvis Presley escreveu livro sobre Michael Jackson com "revelações chocantes"

Apesar de ser uma quantia considerável, o patrimônio final do Rei do Rock era bem pequeno para um artista com ganhos estimados entre US$ 100 milhões e um bilhão ao longo da carreira, segundo a Forbes.

O cantor era conhecido por ser mão aberta e generoso com as pessoas próximas. Um artigo do Los Angeles Times relata o gosto de Presley para “presentear amigos - e até mesmo desconhecidos - com Cadillacs e outros mimos”. 

Elvis não acreditava na necessidade de guardar dinheiro, pois problemas financeiros poderiam ser facilmente resolvidos com um novo álbum ou anúncio de turnê. Priscilla Presley, ex-esposa dele e mãe de Lisa Marie, passou por dificuldades na administração das finanças nos primeiros anos após a morte do marido. 


+++ KAROL CONKA NO DESAFIO 'MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO'