Pulse

Por que fãs de Michael Jackson estão processando Leaving Neverland na França?

Três grandes grupos de fãs do Rei do Pop estão se beneficiando de uma lei francesa para processar James Safechuck e Wade Robson

Redação Publicado em 05/07/2019, às 11h54

None
Michael Jackson (Brittain Landmark Media Punch / IPX)

Três grandes grupos de fãs de Michael Jackson, On the line, Michael Jackson Community e MJ Street estão se beneficiando de uma lei francesa para processar James Safechuck e Wade Robson, as duas testemunhas que alegam terem sofrido abusos sexuais do Rei do Pop.

+++ LEIA MAIS: 10 anos depois: Os últimos dias de Michael Jackson

Os relatos foram registrados pelo documentário, Leaving Neverland (Deixando Neverland, em português), exibido pela HBO

+++ LEIA MAIS: Michael Jackson era pedófilo, afirmou a irmã La Toya em entrevista de 1996

O caso está em vigor devido existir uma lei de difamação na França em que é considerado uma ofensa difimar pessoas mortas. Segundo Emmanuel Ludot, o advogado do grupo de fãs, Safechuck e Robson "são responsáveis por um dano grave e caracterizado contra a memória de um homem morto". 

+++ LEIA MAIS: Aaron Carter ameaça bater em acusador de Michael Jackson

"A imagem do falecido está danificada, assim como a de toda a comunidade de fãs de Michael Jackson", acrescenta Ludot. O advogado também chamou o documentário de "linchamento genuíno", segundo o Independent.

+++ LEIA MAIS: Advogados de Michael Jackson assustaram as testemunhas de Leaving Neverland, diz diretor

Desde que o documentário foi ao ar, várias polêmicas envolvendo o artista vieram à tona. As acusações de pedofilia foram negadas pelo cantor durante sua vida e nunca chegou a ser condenado por esses eventos. 

+++ SESSION ROLLING STONE: Cynthia Luz acredita no amor puro com "Não Sou Sem Nós"