Por que Margot Robbie inicialmente não gostou de papel em O Lobo de Wall Street?

Quando leu o roteiro de O Lobo de Wall Street pela primeira vez, Margot Robbie achou Naomi Lapaglia 'unidimensional'

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 05/08/2021, às 19h11

None
Margot Robbie como Naomi em O Lobo de Wall Street (Foto: Divulgação)

Margot Robbie participou do primeiro filme da carreira em 2008 — interpretou Cassandra em Vigilante, aos 18 anos. A atriz realmente alcançou novos patamares, porém, quando trabalhou em O Lobo de Wall Street (2013), como Naomi Lapaglia, seu primeiro papel de destaque, ao lado de Leonardo DiCaprio (Jordan Belfort) e dirigida por Martin Scorsese. Quando recebeu o roteiro, no entanto, Robbie não se apaixonou pela personagem de acordo com informações do Cheat Sheet.

Às vezes, atores e seus papéis não são completamente compatíveis no começo, mas aprendem a desenvolvê-lo ao longo das filmagens. Para Robbie, Lapaglia parecia muito unidimensional. "A primeira versão do roteiro parecia muito robótico. Pensei: 'Ela é interesseira, muito superficial. Não parecia muito mais profundo que isso," disse a atriz em entrevista transcrita pelo IndieWire.

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Babylon, filme com Brad Pitt, Margot Robbie e Flea, do Red Hot Chili Peppers [LISTA]

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Margot Robbie (@margotrobbie)

 

Após o começo das filmagens, Robbie começou a trabalhar e desenvolver a personagem e mudou de ideia. Entendeu, por fim, as complexidades de Lapaglia e sentiu empatia pela esposa de Belfort. "Enquanto trabalhamos nela, entendemos os relacionamentos e ela se tornou multifacetada," afirmou.

Robbie também analisou o relacionamento da personagem com Belfort, um corretor de bolsa de valores dos Estados Unidos. "Era um casamento complexo. Tiveram filhos ao longo daqueles anos. Ela foi pega no redemoinho e tudo bem, gostava do estilo de vida. Mas, quando aquilo terminou e coincidiu com o vício dele em drogas, tornou-se um problema." A atriz explicou como, a partir disso, Lapaglia encontrou prioridades diferentes.

+++LEIA MAIS: Além da atuação: 6 filmes em que Margot Robbie foi produtora [LISTA]

A atriz também teve a oportunidade de conhecer Nadine Caridi, a mulher em que Naomi Lapagli foi inspirada. Isso também a ajudou a entender a complexidade e profundidade da personagem — ao final das filmagens de O Lobo de Wall Street, Robbie foi convencida e terminou apegada ao papel.


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS