Pulse

Por que o bebê Yoda de The Mandalorian é tão fofo? A ciência explica

A Disney apelou para algo completamente impossível - o instinto de proteção paternal da nossa espécie!

Redação Publicado em 22/11/2019, às 15h52

None
Bebê Yoda de The Mandalorian (Foto: Divulgação / Disney +)

O bebê Yoda despertou corações (e o relógio biológico) da internet desde sua recente première em The Mandalorian, novo programa de Star Wars no Disney +Com seus grandes olhos e uma roupinha pequenininha de Jedi, o mini Yoda - que é membro da espécie Yoda, e não “o” Yoda - gerou memes fofíssimos e comentários em relação à fofura dele.

E porque estamos todos tão enamorados com um fantoche verde e enrugado, conhecido no programa como “a criança?” De acordo com o psicólogo evolucionário Dr. Daniel J. Krueger, a resposta é um misto da poderosa cultura pop e instintos animais.

+++ LEIA MAIS: Mestre Yoda quase foi interpretado por um macaco; veja as fotos 

“Existem várias coisas acontecendo aqui,” ele disse à Rolling Stone EUA. “Primeiro, o Yoda é um dos personagens mais amados do universo Star Wars. Acho que ele é admirado universalmente.” Depois, Kruger cita o trabalho de Konrad Lorenz, etologista (campo que estuda comportamento de animais) que cunhou o termo “Kindchenschema,” que é basicamente um conjunto de aspectos que faz algo ser fofo. 

“Nas espécies que têm cuidados paternais, vemos essa característica em comum,” diz Kruger, mencionando olhos grandes, principalmente. “Na mídia, esses aspectos estão ficando cada vez mais  exagerados em personagens de desenho animado. Veja os My Little Pony de hoje e dos anos 1980, por exemplo. Personagens, hoje, têm características neonatais exageradas. Isso faz deles ainda mais fofos pra gente. Em termos de despertar o interesse das pessoas, The Mandalorian fez um bom trabalho.”

+++ LEIA MAIS: The Mandalorian: 6 coisas que você precisa saber sobre a nova série de Star Wars 

The Mandalorian estreou no dia 12 deste mês durante o lançamento do streaming Disney +. Dirigida por Dave Filoni e criada por Jon Favreau, a produção mostrou o cineasta Werner Herzog no papel de um homem desconhecido que interage com o bebê Yoda. O ator admitiu que chorou quando viu o boneco no set: “é tão lindo que quebra seu coração,” ele disse à Variety. O bebê tem 50 anos no programa.