Por que O Esquadrão Suicida ‘celebra’ rivalidade entre Marvel e DC?

Segundo produtor Peter Safran, rivalidade das editoras torna os filmes cada vez melhores

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 02/08/2021, às 08h52

None
Elenco de O Esquadrão Suicida (Foto: Divulgação)

Grandes concorrentes desde os quadrinhos, a disputa entre Marvel e DC Comics perdura até os dias de hoje. Nas HQs, diversos quadrinistas trabalharam para ambas empresas, como Alan Moore, Jack Kirby, Brian Michael Bendis e Neil Gaiman. No entanto, nos cinemas, essa "troca" aconteceu apenas com James Gunn, diretor de Guardiões da Galáxia (2014) e O Esquadrão Suicida (2021).

Durante entrevista ao Deadline PodcastPeter Safran, produtor de O Esquadrão Suicida, celebrou o trabalho do cineasta nos longas das duas editoras, e o definiu como "grande exemplo de como você pode ir e voltar entre as empresas." "Você pode trabalhar para Marvel e DC e não tem nenhum problema," explicou.

+++LEIA MAIS: O Esquadrão Suicida, de James Gunn, estreia com nota perfeita da crítica; veja

"Todos nós nesse mundo amamos quadrinhos, essas histórias, personagens e a união dos fãs é muito maior do que aquilo responsável por separá-los," continuou. Safran também explicou como o sucesso da Marvel impulsiona a DC a levar os filmes em outro patamar: "Eles continuam elevando a qualidade e nós precisamos igualar esse padrão."

Por fim, o produtor comentou como realizar longas de diferentes gêneros, dependendo de cada personagem, é responsável por fazer as empresas "continuar aumentando as expectativas para o outro continuar atendendo-as."

+++LEIA MAIS: O que Margot Robbie espera para Arlequina após Esquadrão Suicida 2?

O Esquadrão Suicida estreia em 5 de agosto de 2021, e a trama acompanha o envio dos supervilões mais perigosos do mundo para a remota ilha de Corto Maltese, em uma tentativa do governo dos EUA destruir todos os vestígios do Projeto Estrela-do-mar.


+++ 15 ANOS DE GISELE BÜNDCHEN NA CAPA DA ROLLING STONE BRASIL | ENTREVISTA