Por que o produtor dos Beatles se encantou tanto com o Led Zeppelin no início de carreira?

Glyn Johns trabalhava no último disco dos Beatles, Let It Be, quando participou da produção do primeiro disco do novo quarteto britânico

Redação Publicado em 04/12/2019, às 12h02

None
Led Zeppelin (Foto: Instagram / Jorgen Angel)

Glyn Johns foi o engenheiro de som das astros do rock e produziu músicas para ninguém menos que os Beatles e os Rolling Stones. Contudo, quem realmente deixou o produtor impressionado foi uma banda que ainda dava os primeiros passos no mundo da música, o Led Zeppelin .

No final da década de 1960, os Beatles estavam prestes a chegar ao fim. John Lennon, Paul McCartney, George HarrisonRingo Starr estavam enfrentando cada vez mais divergências criativas, ao ponto que nenhum deles tinha interesse em trabalhar no próximo disco da banda, Let it Be"

Johns, então, foi chamado para compilar as faixas e finalizar a produção do que se tornaria a última obra musical dos Beatles. O produtor, que já havia trabalhado com os músicos Steve Miller e Joe Cocker, produzia ao mesmo tempo os Rolling Stones, para quem produziu os discos Aftermath e Beggars Banquet.

+++ LEIA MAIS:Por que Led Zeppelin fez sucesso tão rápido nos EUA?

Apesar de ter colaborado com os maiores músicos da época, Johns ficou fascinado pela banda de heavy metal que surgia, Led Zeppelin, segundo a biografia não autorizada da banda, Hammer of the Gods,  escrita por Stephen Davis.

De acordo com o autor, Johns conheceu a banda durante uma sessão com o guitarrista Jimmy Page para o primeiro disco do grupo, Led Zeppelin . O produtor afirmou que nunca havia escutado algo parecido e que o som de Page, Robert Plant, John Paul JonesJohn Bonham era 'inacreditável'.

+++ LEIA MAIS: O que John Lennon achava do Led Zeppelin depois do fim dos Beatles?

"Foi extremamente emocionante fazer aquele disco [...] Eu nunca tinha escutado arranjos daquele tipo antes, nem tinha escutado uma banda tocar daquele jeito. Foi apenas inacreditável e quando você está no estúdio com algo tão criativo como isso, você não pode fazer nada além de se deixar alimentar", descreveu o produtor.

E Johns não foi o único a ter essa opinião. Nos anos 1970, o Led Zeppelin se tornou um fenômeno e conquistou rapidamente as multidões norte-americanas. Os próprios Beatles reconheceram o talento dos músicos.

Lennon elogiou o hit máximo da banda, "Stairway to Heaven", e disse que Page era "um excelente guitarrista". Já Harrison, após um show, em 1973, falou: "Me f***. Com os Beatles eram 25 minutos que poderiam sair em 15".


+++ TRÊS DICAS PARA NÃO SER UM 'SACO DE VACILO', POR HOT E OREIA