Por que Pete Townshend, do The Who, colava de volta guitarras que quebrava no palco?

Nos palcos, o músico bancava a estrela do rock, mas, nos bastidores, ele não era tão radical assim

Redação Publicado em 16/10/2020, às 10h58

None
Pete Townshend (Foto: Robb Cohen / Invision / AP)

Pete Townshend é um exemplo clássico de rockstar. O músico fez parte de uma banda reconhecida mundialmente e se tornou um ícone ao quebrar guitarras durante os shows. Mas, poucas pessoas sabem que o artista também tentava consertar os instrumentos depois de destruí-los. 

De acordo com informações do The Guardian, Roger Daltrey deu uma entrevista ao podcast How to Wow e revelou os bastidores nada radicais do astro do rock. O ex-vocalista do The Who contou que Townshend era minucioso ao quebrar e arrumar as guitarras. 

+++ LEIA MAIS: Qual disco Pete Townshend, do The Who, acha que todo mundo deveria ouvir antes de morrer?

O espetáculo do músico era composto de movimentos calculados, os quais evitavam danificar o “braço” do instrumento. Townshend batia apenas o “corpo” da guitarra, que se desfazia em pedaços.

Depois das apresentações, o guitarrista voltava para o palco e recolhia as partes que sobraram no chão para colá-las de volta no instrumento, afinal, eles não eram tão baratos assim para serem descartados facilmente. 

+++ LEIA MAIS: Roger Daltrey, do The Who, conta porque Pete Townshend quebrava guitarras nos shows

“Elas eram guitarras reais, mas nós trabalhamos muito atentamente [e] raramente quebramos o braço [da guitarra]. Contanto que o pescoço não quebrasse, você poderia colar o corpo de volta”, disse Daltrey

Com passos coreografados ou não, o The Who continua sendo uma das maiores bandas do rock da história e responsável por hits icônicos, como “My Generation”, “Baba O’ Riley” e “Pinball Wizard”. 


+++ OROCHI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL