Por que Quentin Tarantino desistiu de fazer filme sobre Luke Cage com Laurence Fishburne?

Amigos do diretor queriam Wesley Snipes no papel

Redação Publicado em 06/04/2020, às 07h56

None
Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer/Invision AP) e Luke Cage (Reprodução/Marvel)

Em uma realidade alternativa, Quentin Tarantino foi o diretor de um filme do Luke Cage, herói da Marvel, estrelado por Laurence Fishburne nos anos 1990. Em entrevista ao Amy Schumer Presents: 3 Girls, 1 Keith, via CBM, o diretor explicou o motivo de ter desistido da ideia de dirigir um filme do personagem, e tudo foi culpa dos amigos dele.

Tudo aconteceu no começo da carreira de Tarantino, entre Cães de Aluguel e Pulp Fiction. O cineasta revelou que o longa seria baseado na HQ Heróis de Aluguel e contaria com Laurence Fishburne como Luke Cage. "Todos meus amigos me disseram 'não, não, cara. Precisa ser o Wesley Snipes. Eu respondi 'olha, gosto dele, mas Larry Fishburne é praticamente o Marlon Brando. Quer dizer, ele é o cara'", disse.

Devido a essa insistência, Quentin Tarantino decidiu abandonar o projeto definitivamente.

+++LEIA MAIS: Ilha do Medo, Amnésia e mais: 6 filmes com enredo e roteiro de quebrar a cabeça

Luke Cage ganhou apenas uma versão live-acion, em forma de série da Netflix em 2016, que teve apenas duas temporadas. Ele ainda apareceu nos seriados Jessica Jones (2015-2019) e Os Defensores (2017).

O último trabalho de Tarantino foi com Era Uma Vez Em... Hollywood (2019), que ganhou duas categorias no Oscar: Melhor Ator Coadjuvante (Brad Pitt) e Melhor Design de Produção e deve ser o penúltimo filme dirigido pelo famoso diretor.


+++ DISCOGRAFIA DO THE STROKES: OS ALTOS E BAIXOS DOS ARRUACEIROS DE NOVA YORK