Por que 'Twist and Shout' quase 'matou' John Lennon?

Um dos grandes sucessos do Fab Four foi gravado em uma exaustiva sessão de estúdio

Julia Harumi Morita | @the_harumi Publicado em 03/04/2021, às 15h30

None
John Lennon em 1972 (Foto: AP Images)

"Twist and Shout" é uma das músicas mais populares dos Beatles. Segundo o Setlist.fm, a canção também foi uma das mais tocadas nos shows do Fab Four. Mas você sabia que a gravação da música não foi fácil e "quase matou" John Lennon?

De acordo com o Ultimate Classic Rock, "Twist and Shout" foi gravada durante uma longa sessão do disco de estreia Please Please Me (1963), a qual ocupou metade do dia dos músicos.

+++LEIA MAIS: John Lennon escreveu música para confundir os fãs dos Beatles no White Album - e tudo bem ainda ficar confuso 50 anos depois

Em depoimento ao livro Beatles Anthology, o produtor George Martin contou que sabia que a canção exigia vocais mais intensos e deixou a faixa para ser gravada por último. Mesmo com essa estratégia, Lennon não conseguiu evitar que a canção afetasse a voz dele.

"['Twist and Shout'] quase me matou [...] Minha voz não foi a mesma por muito tempo. Toda vez que eu engolia, era como uma lixa. Sempre tive uma vergonha amarga disso, porque eu poderia cantar melhor do que isso, mas agora não me incomoda," disse Lennon em uma entrevista publicada no Beatles Anthology.

+++LEIA MAIS: Qual música dos Beatles mudou tudo para Paul McCartney?

O músico continuou: "Você pode ouvir que sou apenas um cara frenético fazendo o melhor. Cantamos por 12 horas, quase sem parar. Estávamos resfriados e estávamos preocupados em como isso afetaria o disco."

Segundo Martin, os Beatles gravaram duas vezes a canção e, no final da sessão, Lennon "não tinha mais voz alguma". Mas, aparentemente, o esforço valeu a pena e "Twist and Shout" foi escolhida para fechar o lendário primeiro disco do Fab Four.

+++LEIA MAIS: Ringo Starr elogia documentário dos Beatles de Peter Jackson: 'Faz lembrar como nos amávamos'


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA

+++ MAIS SOBRE BEATLES: 5 filmes sobre os Beatles, classificados do melhor ao pior

Os Beatles são, para muitos, a maior banda de rock da história. Formado por John Lennon, Paul McCartney, Ringo Starr e George Harrison, o grupo surgiu na cidade de Liverpool, Reino Unido, e conseguiu revolucionar a cultura - e até hoje está presente em produtos da cultura pop.

Considerada uma das bandas mais influentes de todos os tempos, os Beatles transformaram a maneira de fazer música. Conforme apresentado no filme Como os Beatles Mudaram o Mundo (2017), o grupo é considerado o criador do conceito de “álbum”, além de ser pioneiro na criação do videoclipe e tecnologias de gravação em estúdio.

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney explica porque não ouve mais os discos dos Beatles

Já se passaram mais de 50 anos desde o último show da banda, o conhecido Rooftop Concert, realizado no terraço do edifício da Apple Corps em 30 de janeiro de 1969. Contudo, a banda permanece atual e relevante - e é tema de diversos filmes.

Confira uma lista de 5 filmes sobre os Beatles, classificados do melhor ao pior, segundo a NME:

+++LEIA MAIS: Paul McCartney, Beach Boys e um salsão: como isso virou uma música? 

5. Simplesmente Lennon (2010)

Feito pela BBC, o filme é um retrato dos últimos anos de Lennon como Beatle, entre 1967 e 1971. A produção é estrelado por Christopher Eccleston como Lennon e Andrew Scott, como Paul McCartney.


4. Tudo entre Nós (2000)

Em 1976, anos após a separação dos Beatles, Paul McCartney e John Lennon se encontraram em Nova York. O filme lançado em 2000 é uma narrativa imaginária, a partir da visão do diretor Michael Lindsay-Hogg, do que pode ter acontecido nesse encontro.

+++LEIA MAIS: Há 57 anos, os Beatles quebraram recorde de vendas nos EUA com 'Can't Buy Me Love' [FLASHBACK]


3. O Garoto de Liverpool (2009)

Adaptação do livro Imagine: Crescendo com o meu irmão John Lennon, da meia-irmã do artista, o filme acompanha a juventude de Lennon - do relacionamento trágico com a mãe à amizade com Paul McCartney.


2. The Rutles: All You Need Is Cash (1978)

A produção é uma paródia dirigida por Eric Idle e Gary Weis com a banda fictícia The Rutles - e o filme conta com o verdadeiro George Harrison no papel de um repórter. 


1. Backbeat - Os Cinco Rapazes de Liverpool (1994)

Backbeat é uma realização corajosa no início dos Beatles em Hamburgo e da história de Stuart Sutcliffe, o baixista que busca a posição de "quinto Beatle".