Por que The Walking Dead foi realmente cancelada agora? Site aponta razões

A série será finalizada na décima primeira temporada

Redação Publicado em 14/09/2020, às 09h00

None
The Walking Dead (foto: Reprodução AMC)

Os fãs de The Walking Dead já haviam sido informados algumas vezes pela produção do canal AMC que a série de zumbis tinhas planos para durar por 15 ou até 20 anos, então a notícia de que a história seria encerrada na décima primeira temporada chocou vários.

O cancelamento de The Walking Dead com uma última temporada especial causou várias especulações sobre quais motivos levaram o canal a tomar a decisão e o site UPROXX listou as principais teorias.

+++LEIA MAIS: Final de The Walking Dead; descubra como termina a história nas HQs

A hipótese mais cotada é que o material-fonte, a HQ de Robert Kirkman, simplesmente acabou. Afinal, a revista acabou abruptamente em 2019 apesar de o criador dizer que poderia estender a história por muito mais tempo.

É claro que a série toma várias diferenças, como a inclusão de Daryl na trama, mas com o arco principal, de Kirkman, finalizado, talvez não haja mais para aonde ir senão o final.

+++LEIA MAIS: O vem depois do final de The Walking Dead? Conheça novas séries Beyond e spinoff de Daryl e mais

Outra teoria é de que o restante da história de The Walking Dead está sendo reservada para os filmes longa-metragem focados em Rick Grimes. Finalizar a série causaria um gancho para os longas.  

Outras duas propostas que acabam se complementando é o abandono de membros do elenco e questões financeiras. Nomes centrais como Andrew Lincoln e Danai Gurira abandonaram The Walking Dead, tanto por falta de interesse como também uma crescente demanda salarial que os lucros da produção não acompanham mais. Logo, finalizar com o restante da equipe que ainda se encontra investida no projeto pode ser a opção mais viável para a AMC.


+++ BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'