Porta-voz de Demi Moore alega “exaustão” como a causa da internação da atriz

Mídia internacional especula que problemas de saúde da atriz foram causados por abuso de substâncias

Redação Publicado em 25/01/2012, às 13h22 - Atualizado às 14h43

Demi Moore
AP

De acordo com a porta-voz da atriz, Demi Moore buscou ajuda profissional para cuidar de sua "exaustão" e para “melhorar sua saúde de modo geral”. As informações são da agência Reuters.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

"Devido ao estresse na vida dela agora, Demi optou por buscar assistência profissional para tratar sua exaustão e melhorar sua saúde de modo geral. Ela está ansiosa para melhorar e agradece a todo apoio de sua família e amigos", disse a porta-voz da atriz em comunicado na última terça, 24.

Demi se separou recentemente de Ashton Kutcher (Two and a Half Men), ator que por acaso está no Brasil, depois de participar da SPFW (nesta terça, 24, ele foi visto na plateia do Summer Soul Festival, em São Paulo). Demi e Ashton foram casados por seis anos.

A nota foi divulgada depois que estourou na imprensa internacional que Demi teria sido levada às pressas a um hospital na noite da última segunda, 23, após paramédicos terem sido chamados à casa dela, em Los Angeles. O site TMZ deu como motivo “abuso de substâncias”, mas essa informação não foi confirmada oficialmente.

Por causa da crise de saúde, Demi Moore não atuará mais no filme Lovelace, no qual faria uma ponta no papel da ativista do feminismo Gloria Steinem.