Prefeitura de SP exige penhora de bens do cantor Roberto Carlos devido a dívida com IPTU

O governo da capital aponta que o cantor não pagou dez prestações do imposto em 2018

Redação Publicado em 10/11/2020, às 09h19

None
Roberto Carlos (foto: AP Images)

O governo da prefeitura de São Paulo entrou na justiça exigindo a penhora de bens do cantor Roberto Carlos. Segundo informações do colunista do UOL Rogério Gentile, o motivo da ação é para resolver uma dívida de R$ 45 mil do artista com relação ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de um imóvel no nome de Roberto.

O imóvel em questão é um prédio de três andares onde funciona o restaurante do cantor Ed Carlos, no bairro do Cambuci. Conhecido como "Reizinho da Jovem Guarda", Ed Carlos já estava aposentado da música há décadas e, na condição de inquilino do edifício, abriu o restaurante 'Ed Carnes'.

+++LEIA MAIS: Roberto e Erasmo Carlos perdem ação em que tentavam recuperar posse de 72 músicas, incluindo clássicos

Entretanto, Roberto Carlos adquiriu o imóvel em 2005, após o colega da MPB sofrer um AVC e a antiga proprietária exigir o prédio de volta e a rescisão da locação. O cantor comprou o edifício para Ed Carlos manter o restaurante. 

Segundo Ed Carlos, que, na verdade, se chama Oscar Teixeira, disse em 2015 ao UOL que Roberto Carlos "nunca cobrou nenhum aluguel, ele não me deixa pagar nem o IPTU". 

+++ LEIA MAIS: Veja só! Roberto Carlos admite ser noveleiro: 'É o meu programa da noite'

Pouco tempo atrás, a prefeitura de São Paulo levou para a Justiça uma dívida contraída pelo cantor enquanto proprietário do edifício do 'Ed Carnes', referente a dez prestações de IPTU não pagas em 2018.

Em março de 2020, os advogados do artista fizeram um acordo de parcelamento dos R$ 45 mil e enviaram o comprovante de pagamento da primeira parcela, mas a prefeitura alega que depois disso não foram efetuados mais transferências. 

+++LEIA MAIS: A história estelar por trás de ‘Space Oddity’, a música espacial de David Bowie

Assessoria de imprensa de Roberto Carlos afirmou que a dívida é do inquilino e a quitação será feita sem a penhora de bens. A Justiça de SP ainda não analisou o pedido de penhora. 


+++ MANU GAVASSI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes