Premiação britânica quer acabar com distinção de gêneros nas categorias

Em 2021, o Brit Awards não quer mais diferenciar gêneros entre os artistas nomeados

Redação Publicado em 23/09/2019, às 13h38

None
Dua Lipa e Calvin Harris no Brit Awards 2019 (Foto:Press Association/AP Images)

A premiação de música popular britânica Brit Awards, que acontece anualmente no mês de fevereiro, está com planos para revolucionar as categorias tradicionais às quais os artistas são indicados.

A instituição responsável pela cerimônia quer fazer mudanças de abolir a divisão de gênero, para englobar mais do que apenas músicos "masculinos" e "femininos", e assim, incluir aqueles que se identificam como não-binários.

Essas alterações refletiriam diretamente a evolução vivida pela indústria fonográfica, e consequentemente, representariam um progresso para o mundo das premiações.

De acordo com fontes contatadas pelo The Sun, "os chefões estão atentos às mudanças que ocorrem na indústria. As categorias vão evoluir nos próximos anos."

"As categorias de homens e mulheres ainda estarão presentes [na cerimônia do] próximo fevereiro, mas as alterações estão planejadas para entrarem em vigo no ano seguinte. Os organizadores vão consultar selos e artistas para entender o que é melhor para o futuro", explicou.