Première de Django Livre é cancelada após massacre em Newtown

Evento teria exibição aberta ao público mas foi adiado em respeito às famílias das vítimas

Rolling Stone EUA Publicado em 18/12/2012, às 14h54 - Atualizado às 17h56

Jamie Foxx em Django Livre
Reprodução

O novo filme de Quentin Tarantino, Django Livre, teve sua première em Los Angeles cancelada após o massacre ocorrido na semana passada em uma escola de Newtown, Connecticut, segundo informou a BBC.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“Neste tempo de luto decidimos adiar o evento agendado”, anunciou a distribuidora do longa. Com a alteração, a produção será exibida apenas para um pequeno grupo do elenco e da equipe e familiares e amigos. Estrelado por Jamie Foxx como um escravo liberto, Django – assim como a maioria dos filmes de Tarantino – tem altas doses de violência vívida.

“Eu acho que vocês sabem que existe violência no mundo, tragédias acontecem”, disse Tarantino em uma entrevista coletiva de imprensa. “É um western, dá uma folga.”

Django não é o único filme com première adiada. Tom Cruise irá apresentar seu novo filme, Jack Reacher, que também conta com muitos tiros e gente morrendo – em Pittsburgh. O evento estava inicialmente agendado para acontecer no sábado, 22, mas a Paramount Pictures cancelou “em respeito às famílias das vítimas”.