Primeira vez desastrosa: David Bowie foi proibido de se apresentar nos EUA em 1971 [FLASHBACK]

Na primeira turnê norte-americana, o músico foi impedido de realizar performances ao vivo por causa de um visto

Julia Harumi Morita | @the_harumi Publicado em 27/01/2021, às 13h31

None
David Bowie (foto: Joe Schaber, AP)

Em janeiro de 1971, David Bowie chegou nos Estados Unidos pronto para divulgar o terceiro disco da carreira, The Man Who Sold The World (1970). Contudo, o que era para ser uma primeira vez grandiosa, acabou sendo desastrosa por causa de um problema com o visto de trabalho do músico. 

Segundo o Daily Mail, Bowie teve o pedido negado por oficiais da fronteira e apenas recebeu um visto de turismo. Assim, o artista estava proibido de realizar os shows da turnê de divulgação, que estava planejada para durar três semanas, segundo a Rolling Stone EUA.

Sem poder fazer apresentações ao vivo, o músico precisou se adaptar e fazer entrevistas em rádios para falar sobre o novo disco - o que não era nada animador para o artista, que tentava ganhar destaque há pelo menos seis anos. O mais perto que Bowie conseguiu chegar dos planos originais foi fazer performances secretas pelo país.

Porém, nem todos os imprevistos resultaram em prejuízos. Bowie aproveitou a viagem para conhecer melhor os movimentos musicais  que cresciam nos EUA e se inspirou para escrever canções para próximo disco, Hunky Dory (1971), que antecedeu a criação de Ziggy Stardust e a consagração inevitável do astro do rock. 

Recentemente, os primeiros anos da carreira de Bowie e a caótica turnê norte-americana foram retratados na cinebiografia Stardust, estrelada por Johnny Flynn, a qual recebeu  críticas pela abordagem do período pré-fama do músico e a ausência das composições do artista- como a primeira viagem de Bowie aos EUA, a produção precisou lidar com restrições e não pode usar as canções no filme.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ OS PIORES FILMES DE 2020 | ROLLING STONE BRASIL