Problema de saúde de Roger Daltrey faz The Who adiar turnê

Vocalista da banda britânica contraiu meningite viral, informaram os músicos em comunicado

Redação Publicado em 18/09/2015, às 14h00 - Atualizado às 15h22

O The Who de Daltrey e Townshend é a primeira banda a receber o prêmio do Kennedy Centre

Ver Galeria
(4 imagens)

The Who anunciou que todos os 24 shows restantes da turnê The Who Hits 50!, previamente marcados até dezembro deste ano, na América do Norte, foram adiados por conta de uma meningite viral contraída pelo vocalista Roger Daltrey.

Pete Townshend e Roger Daltrey estão na nossa lista de dez grandes parcerias do rock.

A clássica banda britânica já havia cancelado quatro apresentações que seriam realizadas no início de setembro, nos Estados Unidos, após Daltrey afirmar não ter condições de subir ao palco. Na época, os detalhes da doença não haviam sido revelados.

Relembre grandes momentos do Woodstock – como o show do The Who –, que completa 45 anos.

“Estamos reagendado todas as apresentações para o início de 2016”, disse o guitarrista Pete Townsend em comunicado. “Pedimos desculpas a todos os nossos fãs que nos apoiaram nesses últimos 50 anos. Assim que Roger estiver completamente bem, voltaremos mais fortes do que nunca e Roger e eu daremos a todos vocês um show inesquecível”.

Eddie Vedder, Liam Gallagher, entre outros, participam de tributo ao The Who; assista a trechos.

“Estamos muitos tristes por desapontar nossos fãs desse jeito”, acrescentou Daltrey. “Nas últimas quatro semanas entrei e sai do hospital e fui diagnosticado com meningite viral. Estou me recuperando e já me sinto bem melhor, mas vou precisar de um tempo considerável para me ficar 100%. Os médicos disseram que eu vou me recuperar completamente, mas que eu não deveria mais sair em turnê nesse ano”.

Os 10 maiores álbuns duplos de todos os tempos, segundo os leitores da Rolling Stone EUA.

A turnê The Who Hits 50! promete ser a última da história do grupo, mas Townshend já declarou que pretende continuar escrevendo com o parceiro Roger Daltrey adiante.

“Acho que Roger e eu vamos fazer coisas estranhas juntos. Espero que um dia eu possa escrever para ele um álbum de músicas e que a gravadora não exija que nós chamemos de Who. Mas eu tenho um pressentimento ruim sobre isso”, disse o letrista de 70 anos, um ano mais novo do que o companheiro artístico. “Acho que se eu fizer para o Roger um punhado de boas músicas, nosso empresário vai dizer: ‘Vamos chamar isso de The Who? Vamos vender duas vezes mais discos!”