Problemas nas negociações entre estúdio e elenco ameaçam Os Simpsons

20th Century Fox quer cortar o cachê dos atores que emprestam a voz aos personagens; caso um acordo não seja feito, a série poderá terminar

Redação Publicado em 04/10/2011, às 16h58 - Atualizado às 17h16

Os Simpsons poderá terminar se acordo não for feito entre a Fox e o elenco
Foto: Reprodução

O futuro de Os Simpsons está novamente em dúvida. Os atores que dublam os personagens e a 20th Century Fox (estúdio que produz a animação) estão enfrentando problemas nas renegociações e, caso um acordo não seja feito, a série poderá terminar.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Segundo o site Deadline (repercutindo nota do The Daily Beast), atualmente, cada um dos dubladores (Dan Castellaneta, Julie Kavner, Nancy Cartwright, Yeardley Smith, Hank Azaria e Harry Shearer) ganha cerca de US$ 8 milhões por ano (por cerca de 22 semanas trabalhadas). O estúdio, contudo, acha que está gastando demais e quer cortar 45% de seus salários. O valor cairia para pouco mais de US$ 4 milhões.

O programa está atualmente em sua 23ª temporada e não é a primeira vez que as renegociações passam por problemas na história da série - porém, é algo inédito os executivos falarem em finalizar Os Simpsons caso os atores não cooperem com a alteração. Os dubladores alegam que aceitariam um corte de 30% em seus salários, mas querem ter direito a participação de lucros no faturamento de produtos da série (atualmente, só os criadores James L. Brooks e Matt Groening recebem).

O estúdio enviou à imprensa internacional um comunicado que dizia: “Atualmente na 23ª temporada, Os Simpsons segue criativamente vibrante como sempre e amado por milhões ao redor do mundo. Achamos que esta brilhante série pode e deve continuar, mas não podemos mais produzir futuras temporadas sustentando este modelo financeiro atual. Estamos esperançosos que conseguiremos chegar a um acordo com o elenco, para que o seriado siga entretendo por muitos anos”.