Processo contra Kardashians pode custar US$ 390 mil a Blac Chyna

Blac Chyna inicou uma ação judicial contra a família Kardashian-Jenner por difamação em 2017

Redação Publicado em 14/06/2022, às 12h00

None
Kardashians-Jenner (Foto: Emma Mc Intyre/Getty Images) e Blac Chyna (Foto: Michael Tran/Getty Images)

Blac Chyna terá que pagar quase US$ 400 mil para a família Kardashian-Jenner, após perder a ação judicial contra difamação e interferência de contrato. O juíz responsável pelo caso pediu a Chyna que custeasse os gastos legais da família, alegando danos econômicos às socialites.

Michael Rhodes, advogado da família, apresentou nesta semana as documentações evidenciando os encargos financeiros para o julgamento, que não incluem os honorários dos advogados. 

+++ LEIA MAIS: Kardashians estão proibidas de comprar carros da Ferrari; veja outros famosos na 'lista restrita'

Conforme mostram os documentos, obtidos pelo TMZ, a equipe jurídica dos Kardashians gastou mais de US$ 391.094 no total ao longo dos processos de um ano. Entre os maiores gastos, estão: hospedagem de documentos eletrônicos; taxas tributárias e custos de deposição.

Gastos jurídicos das Kardashians-Jenner no processo de Blac Chyna
Gastos jurídicos das Kardashians-Jenner no processo de Blac Chyna (Foto: TMZ)

 

No entanto, o maior gasto foram com "modelos, ampliações e fotocópias de exposições", totalizando um valor de US$ 184.871,71. Há, ainda, alguns gastos não categorizados e genéricos, que somam o valor de quase US $ 97 mil.

+++ LEIA MAIS: Johnny Depp x Amber Heard: Caderno com detalhes do julgamento é leiloado por R$ 70 mil

O tribunal afirmou que Blac Chyna deve custear os gastos jurídicos, mas os oficiais ainda precisarão aprovar o valor final.


Relembre o caso

Chyna, nascida Angela White, entrou com um processo contra a família de seu ex Rob Kardashian - incluindo suas irmãs Kim, Khloé e Kylie, bem como sua mãe Kris - em 2017. No processo de difamação de US$ 140 milhões, Chyna - que estrelou ao lado de Rob em Rob & Chyna (2016) - alegou que a família Kardashian-Jenner teria sido responsável por cancelar a segunda temporada do reality-show, prejudicando a imagem pessoal e a carreira de Chyna.

Chyna estava buscando US$ 109 mil em danos econômicos e US$ 36 mil em danos gerais por sofrimento emocional decorrente do suposto descarrilamento da família em sua carreira na TV.

+++ LEIA MAIS: Como as Kardashian inspiraram Bridgerton? Nicola Coughlan responde

O advogado de Blac Chyna tentou vender ao júri uma teoria de que Kim supostamente falou mal da ex-cunhada com os executivos do canal E! para que eles cancelassem o programa dela e Rob.

Cabe recordar que o produtor do programa Rob and Chyna (2016) assegurou na corte que nunca houve a intenção de uma nova temporada do reality show, por ser considerado muito 'pesado' pela emissora, justificando que a audiência não gostou do clima do show e resolveram cancelá-lo após a primeira temporada, que teve uma péssima audiência, segundo eles.