Processo judicial de Noel Gallagher dá detalhes de briga com Liam

Ex-guitarrista do Oasis afirmou que o irmão interrompeu shows da banda, atacou fãs e o ameaçou com uma guitarra, entre outras acusações

Matthew Perpetua Publicado em 23/11/2011, às 12h48 - Atualizado às 13h22

Noel Gallagher
Foto: AP

Noel Gallagher, ex-guitarrista e compositor do Oasis, deu uma série de declarações contra seu irmão Liam em um processo judicial, o acusando de temperamento abusivo e irresponsável no que diz respeito ao fim da banda, em 2009. Essas acusações rebatem as que Liam fez, acusando seu irmão de denegrir seu nome após a banda ter cancelado um show em que era headliner no V Festival, naquele ano.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

De acordo com um documento de 14 páginas adquirido pelo jornal britânico Daily Mail, o Gallagher mais velho está acusando Liam de interromper shows pelo menos doze vezes entre 1994 e 2005; agravar um problema na garganta devido a um estilo de vida que lhe custou sua saúde; atacar fãs e deixar "mensagens ofensivas na secretária eletrônica" do telefone do irmão. Em uma passagem, Liam é acusado de entrar no vestiário de Noel, quebrar sua guitarra, girá-la no ar e quase acertar o irmão no rosto com o instrumento.

Além dessas argumentações, Noel afirma que nunca falou com Liam sobre sua marca de roupas, Pretty Green, mas insistiu que não deveria ser feita propaganda dos produtos durante a turnê da banda. Ele ainda menciona que acreditou que Liam estava sendo "rancoroso e infantil" ao dedicar canções para os empregados da Pretty Green durante os shows.