Processo milionário de Johnny Depp contra Amber Heard é aceito por juiz dos EUA

Os astros se divorciaram em 2016

Redação Publicado em 31/03/2020, às 07h00

None
Amber Heard e Johnny Depp (Foto: Jonathan Brady / PA Wire Press Association via AP)

Johnny Depp e a atriz e ex-esposa Amber Heard brigam na justiça há anos. O casal se separou em 2016 em um acordo de divórcio misterioso. Recentemente, o processo milionário do astro de Piratas do Caribe contra Heard foi aceito e será julgado. As informações são do Yahoo.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp cortou o próprio dedo, mas culpou Amber Heard, sugere mensagem

Depp está processando a ex-mulher em US$ 50 milhões (cerca de R$ 250 milhões) devido à publicação feita por ela no Washington Post. Na carta aberta, ela afirma ser sobrevivente de abuso doméstico. Apesar de não citá-lo no texto, a atriz deixa implícito sofrer agressões domésticas.

No entanto, segundo os advogados de Depp, a informação é "categoricamente e comprovadamente falsa". O juíz Bruce White, responsável por aceitar o processo, afirmou que algumas citações utilizadas por Heard são, em teoria, difamatórias.

+++ LEIA MAIS: Amber Heard teria deixado cocô na cama de Johnny Depp depois de tê-lo agredido por perder festa

A defesa de Heard comentou sobre a decisão: "ela dá a um juiz a possibilidade de decidir se o editorial de Heard é verdadeiro no que ela diz. Permanecemos confiantes no prevalecimento da verdade”. 

O astro de Piratas do Caribe também está processando o jornal The Sun e o colunista Dan Wootton por notícias falsas que prejudicam sua reputação na indústria cinematográfica.

+++ LEIA MAIS: Processo judicial de Johnny Depp contra Amber Heard é adiado após ator não entregar relatórios sobre drogas e álcool

Ele reivindica artigos de 27 e 28 de abril nos quais ele foi acusado de violência doméstica, deixando a ex-esposa "temendo" pela vida. Supostamente, ele bateu em Heard sob o efeito de drogas enquanto o casamento deles desmoronava.


+++ TRAVIS SCOTT: O HYPE EM TORNO DELE REALMENTE FAZ SENTIDO?