Produtor do Grammy pede desculpa a Trent Reznor, que teve o show interrompido, durante a premiação

Cantor havia reclamado dos organizadores no Twitter

Redação Publicado em 29/01/2014, às 10h58 - Atualizado às 11h38

Grammy - Trent Reznor
Matt Sayles / AP

Ken Ehrlich, produtor executivo do Grammy, divulgou pediu desculpas, via The Hollywood Reporter, a Trent Reznor, frontman do Nine Inch Nails, por ele ter tido seu show interrompido durante a cerimônia de premiação no último domingo, 26.

Grammy 2014: noite tem prêmios a Daft Punk e homenagens aos Beatles.

"Eu sinto muito que ele ficou chateado", afirmou Ehrlich. "Eu disse a eles que estenderíamos o máximo que pudéssemos. O número estava com cerca de 5, 6 minutos de duração, e nós estávamos a 1 minuto e 20 segundos do fim. Chegamos o mais perto que era possível chegar".

Nine Inch Nails, Arcade Fire, Soundgarden e Imagine Dragons estão entre as atrações do Lollapalooza 2014.

Reznor ficou bastante irritado quando descobriu que a última apresentação da edição de 2014 do Grammy foi cortada. O vocalista, que se apresentou com sua banda e mais Queens of the Stone Age, Dave Grohl e Lindsey Buckingham, do Fleetwood Mac, no palco da premiação, foi ao Twitter para reclamar: “Grande noite para música... ser desrespeitada”.

Galeria - você não vai acreditar, mas essas 12 pessoas têm um Grammy em casa.

Depois de quatro horas da cerimônia, os músicos subiram ao palco para cantar “Copy of A”, de Hesitation Marks, mais recente disco do NIN, e “My God Is the Sun”, lançado pelo QOTSA no ano passado no álbum ...Like Clockwork. Antes que a performance acabasse, no entanto, os comerciais e créditos começaram a subir na transmissão televisiva do evento.

O Nine Inch Nails também não levou nenhum gramofone para a casa. A banda concorreu ao prêmio de Melhor Disco de Música Alternativa, mas perdeu para Modern Vampires Of The City, do Vampire Weekend. O grupo de Josh Homme também não levou prêmios para casa – o de Melhor Disco de Rock ficou com o Led Zeppelin, e o de Melhor Performance Rock com o Imagine Dragons.

Na entrevista, Ken Ehrlich falou sobre a proposta do desfecho. "Eu estava realmente emocionado por finalmente tê-lo [Reznor] no Grammy. A jam de encerramento começou com Arcade Fire alguns anos atrás, e teve LL Cool J no ano passado. Quero que [a premiação] termine 'para cima'."