Morre personagem em série especial de X-Men contra Os Vingadores

O professor Xavier, criado em 1963, é assassinado por um dos seus melhores alunos

Redação Publicado em 12/09/2012, às 16h37 - Atualizado às 19h16

James McAvoy como o jovem Charles Xavier
Reprodução/Slash Film

Atenção: essa nota contém spoilers

Foram quase cinco meses de suspense: quem seria o personagem morto na batalha entre X-Men e Os Vingadores? E a surpresa foi revelada nesta quarta, 12, com a chegada da 11ª edição da HQ X-Men Vs. Avengers , da editora Marvel Comics, publicada nos Estados Unidos. Trata-se do Professor Charles Xavier, fundador do grupo de mutantes mais famoso dos quadrinhos (e dos cinemas).

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Em uma cena carregada de emoção e cores quentes, publicada pelo site do jornal New York Daily News, Xavier é assassinado por Ciclope, membro do X-Men e tido como um filho pelo próprio professor. Tudo acontece em um ataque de fúria do mutante que dispara raios pelos olhos. Mesmo sob pedidos de Xavier para que a guerra chegasse ao fim, Ciclope acerta propositalmente o seu antigo mentor.

“Fiquei com os olhos marejados”, confessou o editor-chefe da Marvel Axel Alonso ao site. “Ele precisava ser a vítima desta história. Não existe mais dramático do que um filho matando um pai”, continuou.

Brian Bendis, que assina o roteiro da história, diz que o momento é “chocante e que certamente será discutido por muito tempo depois”. “O que o Ciclope vai fazer para sair do buraco mais profundo da história dos quadrinhos?”, questinou o escritor.

Sempre didático, Xavier possuía um jeito professoral de lidar com os outros (mutantes ou humanos). Criado em 1963 por Stan Lee e Jack Kirby, o personagem tinha como esperança fazer com que ambas as raças convivessem naturalmente. Não por acaso que Martin Luther King Jr. tenha sido uma das inspirações para a sua criação. Seus poderes consistiam em usar o poder da mente para ler pensamentos e mover objetos.

Nos cinemas, ele foi interpretado por Patrick Stuart na primeira trilogia, lançada em 2000, 2003 e 2006, e por James McAvoy (foto), em X-Men: Primeira Classe (2011).

O editor-executivo da editora Tom Breevort garante que, desta vez, o personagem não irá reaparecer, como costuma ser de praxe na indústria dos quadrinhos. A saga HQ X-Men Vs. Avengers chegará ao fim na 12ª edição.