Projeto de Redford não atrapalhará cinebio de Lincoln, garante Spielberg

"É completamente diferente do que nossa produção da DreamWorks vai ser”, afirmou o cineasta, sobre o filme de temática semelhante

Da redação Publicado em 15/09/2009, às 12h52

Steven Spielberg confirmou intenções de tocar a cinebiografia de Abraham Lincoln, um dia após James McAvoy e Robin Wright Penn se envolverem oficialmente em The Conspirator, produção de Robert Redford que também foca no 16º presidente dos Estados Unidos.

Uma diferença elementar: enquanto a obra de Spielberg vai se ocupar diretamente com a vida do mandatário (papel entregue a Liam Neeson), The Conspirator investirá na história de uma mulher (Wright Penn) acusada de conspirar para o assassinato de Lincoln, em 15 de abril de 1865.

Spielberg não alimentou o espírito competitivo. "Estamos felizes que Redford irá fazer seu filme sobre Lincoln. É completamente diferente do que nossa produção da DreamWorks vai ser", disse em entrevista à edição online da Variety.

O cineasta acredita, inclusive, que a obra do colega irá acrescentar "potencial comercial ao nosso filme". "Lincoln como assunto é incansável."

Produção independente, The Conspirator iniciará filmagens no mês que vem. A cionebio, em compensação, foi recentemente adiada após problemas de orçamento e locação - o projeto já vem sendo fomentado há anos.

Debruçado sobre a angústia de Lincoln a respeito da guerra civil norte-americana, o roteiro está sendo revisado por Tony Kushner (com quem o diretor trabalhou em Munique).

Enquanto seu filme sobre um dos chefes de estado mais populares dos EUA não sai, Spielberg vai dirigir um remake de Harvey, clássico de 1950 sobre um homem que tem como amigo invisível um coelho de quase dois metros de altura.