Projeto une música clássica e maracatu no Recife

Banda filarmônica e grupo inspirado em ritmos africanos tocam juntos no domingo, 27; show vai virar documentário

Da redação Publicado em 26/07/2008, às 10h07 - Atualizado às 19h19

Os integrantes da banda Filarmônica Manoel Bombardino aprendem a tocar os instrumentos na zona rural de Gravatá, interior de Pernambuco
Divulgação

O projeto Eu Ouvi vai promover uma mistura de ritmos aparentemente antagônicos no domingo, 27, no Recife. A iniciativa busca mostrar a inclusão social por meio da arte, e vai unir o grupo de maracatu Daruê Malungo e a banda filarmônica Manoel Bombardino.

Os dois coletivos são formados por jovens de áreas carentes. O Daruê Malungo, da capital de Pernambuco, leva o nome do centro educacional onde foi criado. A entidade dá aulas de alfabetização para crianças e forma músicos e artesãos. Regida pelo maestro Adelson Pereira, a Filarmônica nasceu na zona rural de Gravatá, a 80 km do Recife. No repertório que será apresentado no próximo domingo estão músicas de nomes da música clássica, como Richard Strauss,e popular - entre eles Luiz Gonzaga e Pixinguinha.

O show vai servir de base para um documentário de curta-metragem de Lírio Ferreira (Árido Movie, Cartola).

Daruê Malungo e Filarmônica Manoel Bombardino

Recife, 27/7, às 19h

Teatro Santa Isabel - Praça da República, s/n, Santo Antônio, Recife, PE.

Grátis

Informações: 81 3224-1020