Psy diz que Obama dançou “Gangnam Style” para a sua família e foi reprovado

Presidente norte-americano confidenciou ao rapper que Michelle Obama e as filhas não gostaram do que viram quando tentou reproduzir a dança do sul-coreano

Redação Publicado em 20/12/2012, às 11h37 - Atualizado às 11h44

Psy
AP

Psy, uma das mais faladas figuras do ano, ouviu de Barack Obama que seu “Gangnam Style” chegou à intimidade da família do presidente norte-americano. Mas a performance de Obama na dança do cavalo louco, eternizada pelo clipe do sul-coreano que quebrou recordes no número de exibições no YouTube, parece não ter agradado a primeira-dama Michelle e as crianças.

Veja os 10 clipes mais vistos na história do YouTube.

Em trecho de entrevista publicado no site Hollywood Reporter, o rapper sul-coreano disse o que conversou com Obama durante o show beneficente anual realizado na Casa Branca, em Washington, realizado no dia 9 de dezembro. “Ele me disse que era bom em ‘Gangnam Style’, mas disse que as moças da casa ficaram muito constrangidas com a sua performance e ele não dança mais.”

O encontro se deu dias de uma polêmica envolvendo o nome de Psy, quando foram divulgadas imagens de shows realizados em 2002. Nas cenas, o rapper ataca os Estados Unidos. Veja mais aqui.