Pulp Fiction: 4 filmes que foram inspirados no clássico de Tarantino, de Guy Ritchie a Christopher McQuarrie

Filme de 1995 é considerado um dos mais influentes do cinema

Redação Publicado em 24/07/2020, às 13h05

None
Uma Thurman como Mia Wallace em Pulp Fiction (foto: reprodução/ Miramax)

Pulp Fiction: Tempo de Violência (1995)  se tornou um clássico do cinema e da filmografia de Quentin Tarantino. Estrelado por Uma Thurman e John Travolta, foi o primeiro filme do diretor a chamar atenção de Hollywood. 

O site ScreenRant listou filmes inspirados pelo clássico, considerado um dos longas mais influentes da história. Conheça abaixo. 

Vamos Nessa (1999)

Go, filme de Doug Liman, foi classificado pela publicação como um dos melhores títulos inspirados na história de Pulp Fiction, com “ritmo veloz e furiosa, elenco espetacular e humor ácido”. O filme conta a mesma história a partir de diferentes pontos de vista.

+++ LEIA MAIS: Incluíram um gatinho em Pulp Fiction para atuar com John Travolta e o resultado ficou incrivelmente fofo; conheça ‘Purr Fiction’


A Sangue Frio (2000)

Primeiro longa-metragem do diretor Christopher McQuarrie, o filme A Sangue Frio acompanha o plano de dois criminosos para realizar o sequestro de uma jovem grávida e barriga de aluguel de um casal milionário. O pedido de uma alta quantia como resgate sai do controle quando atiradores de elite chegam para entrega do dinheiro. De acordo com a publicação, o filme é um clássico cult e mistura diversos gêneros, assim como o clássico de Tarantino. 


Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumegantes (1998)

Como lembra a lista do site, o filme de Guy Ritchie levou o conceito do clássico de Tarantino para as ruas de Londres. Quatro amigos juntam dinheiro para participar de uma partida de cartas ilegal. Se perderem, estarão em dívida com o organizador, e o preço é ainda mais alto caso o valor não seja acertado em uma semana. 

+++ LEIA MAIS: Todos os filmes de Tarantino, do pior ao melhor, segundo site [LISTA]


Coisas para Fazer em Denver Quando Você Está Morto (1995)

Com direção de Gary Fleder, o filme policial mostra a jornada de um gângster com problemas financeiros que falha na execução de um serviço para ter as dívidas perdoadas. Ao lado dos comparsas, ele precisa sumir da cidade em 48 horas para não ser morto. O ScreenRant classificou o filme como a cópia “mais descarada” de Pulp Fiction - mas sem “a jovialidade, individualidade e substância artística” do original. 


+++ FREJAT: O DESAFIO É FAZER AS PESSOAS SABEREM QUE O DISCO EXISTE