“Pumped Up Kicks”, do Foster the People, sofre represália depois de massacre em Newtown

Após “Die Young”, de Ke$ha, foi a vez do hit californiano ser tirado das programações radiofônicas

Redação Publicado em 19/12/2012, às 14h47 - Atualizado às 14h53

Foster the People
AP

Não foi apenas o hit “Die Young”, de Ke$ha, que sofreu represálias após o massacre em Newtown. “Pumped Up Kicks”, do Foster the People, foi retirado da programação da principal rádio de Los Angeles, segundo o site TMZ, por ter conteúdo que remete ao trágico incidente.

Resenha: Foster the People é bem recebido no Lollapalooza

Ao contrário do que acontece com a faixa de Ke$ha, a música da banda californiana realmente faz referência a um caso similar ao de Newtown – o vocalista Mark Foster já chegou a comentar que fez a canção inspirado no caso ocorrido em Columbine, em 1999. A letra narra a história de Robert, um garoto que encontra uma arma no meio das coisas do pai. O refrão avisa: “todas as crianças com bons calçados, é melhor correrem mais rápido que minha bala”.

Uma série de mensagens sobre o caso foram postadas no Twitter oficial da banda. “Dias depois, continuo sentado no meu quarto com lágrimas nos olhos tentando superar”, confessa a primeira mensagem. “Não parece sensato deixar de lado essa mentalidade de velho-oeste de sermos cowboys com armas? Isto foi há mais de cem anos!”