Q Awards consagra Coldplay

Por Viva la Vida, grupo de Chris Martin levanta dois troféus do prêmio dedicado à música britânica

Da redação Publicado em 06/10/2008, às 18h27

Aconteceu nesta segunda-feira, 6, a entrega anual dos Q Awards, dedicados a músicas produzidas no Reino Unido. O Coldplay foi o vencedor da noite, tendo sido eleito o detentor do melhor show do mundo da atualidade, além de ter seu álbum Viva La Vida escolhido como o melhor do ano.

Quando foi buscar o primeiro prêmio, o vocalista Chris Martin afirmou: "Somos a banda mais legal do mundo. Bem, não a maior. Mas o U2 está de férias, e o Radiohead também".

A cantora Duffy faturou o prêmio de artista revelação, enquanto o Keane levou o troféu de melhor música, por "Spiralling". O The Last Shadow Puppets, projeto paralelo de Alex Turner (vocalista do Arctic Monkeys), foi o escolhido na categoria de melhor novo show.

Completam os premiados o Kaiser Chiefs, como melhor apresentação ao vivo, e o Vampire Weekend, que ganhou na categoria de melhor vídeo, por "A Punk". O quarteto foi o único não-britânico a ganhar um troféu na premiação.

Durante a cerimônia, o ex-líder do Pink Floyd, David Gilmour, ganhou uma homenagem por ser "de incrível contribuição à música". O guitarrista dedicou o troféu a Rick Wright, ex-tecladista da banda, morto no mês passado em decorrencia de câncer. Gilmour propôs a todos da platéia um brinde, e lamentou: "Há uma série de músicas que não vou poder tocar de novo sem ele. É uma tristeza para mim". Ambos tocaram juntos o disco ao vivo Live in Gdansk, de Gilmour, lançado na última semana no Brasil.

Os vencedores foram escolhidos pelos leitores da Q, revista britânica inteiramente dedicada à música.