Qual cena de O Diabo Veste Prada Anne Hathaway pediu para mudar?

Atriz não concordava com o destino de Andrea Sachs e Nate, interpretado por Adrian Grenier

Felipe Grutter (com supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 16/06/2021, às 13h50

None
Anne Hathaway em O Diabo Veste Prada (Foto: Reprodução/20th Century Studios)

O Diabo Veste Prada (2006) foi um grande marco na carreira de Anne Hathaway, intérprete de Andrea Sachs. Porém, isso não significa que a atriz concordou com todos os elementos do roteiro. Segundo Cheat Sheet, Hathaway pediu para os escritores mudarem uma cena da produção.

No longa, adaptação do livro homônimo de Lauren Weisberger, Andrea Sachs era uma aspirante a jornalista, quem se mudou para Nova York após terminar a faculdade. A trama mostra a protagonista contratada como assistente da aclamada editora de moda Miranda Priestly (Meryl Streep), enquanto o namoro com Nate (Adrian Grenier) estremeceu.

+++LEIA MAIS: Por que Meryl Streep teve experiência 'horrível' em O Diabo Veste Prada?

Quando as filmagens de O Diabo Veste Prada foram finalizadas, ambos atores estavam confortáveis ​​com os respectivos personagens. Segundo Adrian Grenier, a atriz estava tão segura no papel que sugeriu uma mudança na última cena de Nate e Andy.

Na conversa final, o casal distante discutiu como fazer o relacionamento funcionar novamente. Embora os roteiristas, inicialmente, quisessem um beijo no fim do diálogo, Anne Hathaway pressionou os escritores para mudar isso.

+++LEIA MAIS: Meryl Streep ficou deprimida ao interpretar Miranda em O Diabo Veste Prada: 'Foi horrível'

"Foi um testamento para Anne. Ela disse: 'Simplesmente não isso certo... Apenas não parece que estamos nesse ponto no relacionamento,'" revelou Grenier. Há muita história. Ela estava certa. Renunciamos a essa intimidade por algo mais familiar."


+++ URIAS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL