Qual era a conexão entre John Lennon e 'Hey Jude,' de Paul McCartney?

John Lennon tinha outra teoria sobre o significado de 'Hey Jude,' de Paul McCartney

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 31/05/2021, às 16h51

None
Paul McCartney e John Lennon (Foto: Dalmas Sipa Press / AP Images)

John Lennon considerava "Hey Jude," dosBeatles, a melhor música de Paul McCartney, como revelou em uma entrevista em 1972. Além de preferir a canção por aspectos musicais, Lennon tinha uma conexão pessoal com a letra. As informações são do Express UK.

A história por trás da canção é conhecida: McCartney a escreveu ao filho de John e Cynthia Lennon, Julian, quando o casal passava pelo processo de divórcio. O ano era 1968, e Lennon havia acabado de conhecer Yoko Ono, sua futura esposa. 

+++LEIA MAIS: Para quem Paul McCartney escreveu ‘Blackbird,’ dos Beatles?

McCartney sabia como o parceiro deixaria o filho, e havia sido "como um tio" para o menino. Lennon, entretanto, sempre ouviu a música como uma mensagem direta a ele. "Pareço um fã tentando adivinhar o significado... Pense bem: Yoko acabara de entrar em nossas vidas. Ele dizia: 'Hey Jude - Hey, John.' No subconsciente, queria dizer: 'Vá em frente, deixe-me.'"

Para o astro dos Beatles, o parceiro de banda não queria deixá-lo ir. "O anjo dentro dele estava me dando a bênção. O diabo não gostou nada, pois não queria perder o companheiro," finalizou Lennon. 

+++LEIA MAIS: 6 músicas dos Beatles que John Lennon odiava [LISTA]

Muitos consideram Yoko Ono como o principal motivo da separação não apenas entre Lennon e McCartney, mas dos Beatles como banda. Para Lennon, as afirmações não faziam sentido, e o grupo terminou porque seguiu seu curso natural. 


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL