Qual música dos Rolling Stones foi produzida por John Paul Jones, antes de entrar no Led Zeppelin?

O multi-instrumentista deu uma nova perspectiva para a faixa do Their Satanic Majesties Request, lançado em 1967

Redação Publicado em 12/03/2020, às 12h32

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

No final dos anos 1960, os críticos de rock estavam tão extasiados com os Rolling Stones quanto os próprios fãs da banda. Na época, revistas como Melody Maker, New Musical Express aclamaram o triunfo dos Stones com o disco Aftermath, de 1966. Between the Buttons, lançado um ano depois, não ficou muito para trás com o single de sucesso "Let's Pass the Night Together". 

+++ LEIA MAIS: O dia em que Justin Timberlake abriu show dos Rolling Stones - e atacaram urina nele

No entanto, as coisas mudaram à medida que 1967 terminava. Os Beatles, por outro lado, que haviam lançado uma série épica de discos, e com a chegada do Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band em junho daquele ano, aparentemente o Fab Four conseguiu amenizar os holofotes dos Stones

A resposta do grupo foi o Their Satanic Majesties Request que foi atacado por vários críticos e quase não vendeu discos. No entanto, algumas músicas salvaram o disco de ser um completo fracasso. "She's a Rainbow", produzida por John Paul Jones, pré-Led Zeppelin, foi uma delas.

+++ LEIA MAIS: 7 documentários de Rock que todos os fãs deveriam assistir [LISTA]

Jones estava entre os nomes mais requisitados meados da década de 1960. Antes de tocar ao lado de Jimmy Page, em 1968, ele trabalhou com Donovan, Cat Stevens, Jeff Beck e outros. 

Andrew Loog Oldham, gerente e produtor dos Stones, também tinha Jones na lista quando precisava de algum arranjo mais sólido, por isso, decidiu chamá-lo para participar do Their Satanic Majesties Request. Graças a ele, "She's a Rainbow" ganhou outra dimensão. 

Ouça abaixo: 


+++ SESSION ROLLING STONE BRASIL: DELACRUZ - ANESTESIA