Qual reunião do Led Zeppelin foi chamada de ‘horrorosa’ por Robert Plant?

A banda chegou ao fim em dezembro de 1980, três meses após a morte de John Bonham

Redação Publicado em 31/01/2020, às 17h18

None
Led Zeppelin em 1968 (Foto: Reprodução/ Instagram/Jørgen Angel)

O baterista John Bonham morreu em setembro de 1980, após o acontecimento, os dias do Led Zeppelin estavam contados. A banda anunciou o fim em dezembro do mesmo ano e não foi uma surpresa para o público. 

"Gostaríamos que soubessem que a perda de nosso querido amigo, e o profundo respeito que temos pela família dele, junto com o sentimento de harmonia inseparável que nós temos, nos levou a decidir que não podemos continuar como éramos", dizia o comunicado.

+++LEIA MAIS: Phil Collins explica como ‘estragou’ o retorno do Led Zeppelin no Live Aid de 1985

Robert PlantJimmy Page até foram questionados sobre uma possível reunião em entrevistas e aparições em eventos, mas a banda resistiu. Plant, em particular, parecia determinado a abandonar o passado no Led Zeppelin.

No entanto, a banda se reuniu cinco anos após a morte de Bonham. O momento aconteceu no Live Aid, em 1985, na Filadélfia. E, mais tarde, Plant descreveu a performance deste dia como “horrorosa”.

Phil Collins foi um segundo substituto de Bonham. Mas, ele não estava preparado e não tinha ensaiado com a banda antes do show. John Paul Jones chegou em cima da hora e Page lidou com uma guitarra desafinada e um pedal com defeito naquela noite.

+++ LEIA MAIS: O que John Lennon achava do Led Zeppelin depois do fim dos Beatles?

"Foi horrível. Emocionalmente, eu estava comendo cada palavra que pronunciava. E eu estava rouco. Fiz três shows antes de chegar ao Live Aid", contou Robert Plant à Rolling Stone em 1988.

Essa foi a reação da crítica e dos músicos. Ao analisar as cenas do Live Aid em 1985, é possível notar que o público estava extasiado.  

+++ LEIA MAIS: Relembre como foi o último show do Led Zeppelin com John Bonham, há 34 anos

"Minhas principais lembranças, na verdade, eram de pânico total. Jones chegou praticamente no mesmo dia do show e tivemos cerca de uma hora de ensaio antes do show", revelou Page mais tarde. 

Três anos depois, os integrantes restantes do Led Zeppelin tentaram mais uma vez, dessa vez, no 40º aniversário da Atlantic Records e provou, novamente, que a banda sem John Bonhamjamais seria a mesma. 


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL