Qual significado de ‘Revolution 9,' dos Beatles, para John Lennon?

John Lennon afirmou como 'Revolution 9,' do White Album dos Beatles, refletia seus sentimentos pessoais

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 01/06/2021, às 18h52

None
John Lennon (Foto: AP)

John Lennon explicou o significado da música “Revolution 9,” a qual faz parte do disco The Beatles, também conhecido como White Album ou Álbum Branco (1968). Para ele, a canção refletia seus sentimentos pessoais. As informações são do Cheat Sheet

No livro Lennon Remembers, o músico contou a Jann S. Wenner, co-fundador da Rolling Stone EUA, sobre a música e chamou-a de “imagem inconsciente.” Acreditava que uma revolução violenta seria inevitável, mas afirmou como não queria morrer nela. 

+++ LEIA MAIS: Porque o White Album é o disco dos Beatles favorito de John Lennon?

Lennon revelou como havia muitos aspectos simbólicos sobre a música e como colocou todos os sentimentos em “Revolution 9”: “Foi um desenho de revolução. Porque arbitrariamente, eu estava fazendo ... Tudo era feito com loops... Fiquei como Beethoven e subia as escadas, cortando e fazendo ao contrário e coisas assim para obter o efeito sonoro."

Sobre a escolha no número nove, Lennon não sabia ao certo, mas disse ser seu aniversário e o número da sorte. No entanto, Yoko Ono interrompeu: "O número nove é notável porque é o 'número mais alto'."

+++ LEIA MAIS: Quando John Lennon percebeu o fim dos Beatles?

Considerado um dos melhores discos do Fab Four, oWhite Album dos Beatles foi lançado em novembro de 1968, e alcançou o primeiro lugar na Billboard200, permanecendo lá por 215 semanas.


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL