Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Receita

Quanto artistas e gravadoras independentes geraram no Spotify em 2023?

Receita arrecadada no Spotify por artistas e gravadoras independentes foi a maior da história da plataforma de streaming de música

Spotify (Foto: Reprodução)
Spotify (Foto: Reprodução)

Pela primeira vez, Spotify revelou quanto de receita que artistas e gravadoras independentes geraram na plataforma de streaming em 2023, ano que representou recorde para os cantores e bandas que não possuem vínculo com uma grande gravadora - e os números impressionam.

Em comunicado enviado à imprensa, a empresa revelou como artistas e gravadoras independentes geraram quase US$ 4,5 bilhões, valor que representa cerca de metade do que toda a indústria gerou no Spotify (US$ 9 bilhões). Além disso, essa arrecadação representa quatro vezes mais daquilo gerado em 2017.

+++LEIA MAIS: Marília Mendonça lidera ranking das 50 músicas mais tocadas no Brasil em 2023; confira lista


Streams de Usher no Spotify aumentam em 550% após apresentação no Super Bowl

A apresentação de Usher no intervalo do Super Bowl no último domingo, 13, continua reverberando. O Spotify revelou que houve um aumento de reprodução nas músicas do artista depois do show no evento esportivo, quatro delas ultrapassam a faixa de 1000%.

Os streams do cantor aumentaram cerca de 550% nos Estados Unidos. A faixa que abriu o show "Caught Up" atingiu 2000% de aumento em reproduções entre 18h e meia-noite de domingo, no horário do Pacífico. Este foi o maior aumento percentual. 

+++LEIA MAIS: Os 10 maiores hits de Usher, atração do Super Bowl LVIII

U Don't Have To Call”, “Love In This Club” e “Bad Girl” também tiveram bons números. As três canções atingiram 1000% de aumento durante o mesmo período de seis horas. Outras músicas que apresentaram resultados expressivos foram as colaborações entre Usher e os convidados da noite. "My Boo", colaboração com Alicia Keys, cresceu 690% em streams e “Yeah!”, com Lil Jon e Ludacris chegou a  520%.