Quatro pessoas são presas por envolvimento com tráfico depois da morte de Philip Seymour Hoffman

Ator foi encontrado morto em seu apartamento em Nova York no domingo, 2

Redação Publicado em 05/02/2014, às 12h42 - Atualizado às 12h57

Philip Seymour Hoffman
AP/Andrew Medichini

A súbita morte de Philip Seymour Hoffman, 46, no domingo, 2, e os cerca de 50 envelopes de heroína encontrados no apartamento do ator em Nova York deram início a uma intensa investigação por parte da polícia norte-americana. Até o momento, segundo o jornal The New York Times, quatro pessoas já foram presas por envolvimento com o tráfico.

A trajetória de Philip Seymour Hoffman em dez filmes.

“Quatro pessoas foram presas neste tarde sob suspeita de envolvimento com o tráfico de narcóticos, mas se estão ou não relacionados com a morte de Hoffman ainda está sob investigação. O caso está em desenvolvimento”, explicou o detetive Antonetti, de Nova York, ao site da revista The Hollywood Reporter.

Philip Seymour Hoffman, 1967-2014

O ator, vencedor do Oscar de Melhor Ator por Capote e com carreira repleta de memoráveis papeis, foi encontrado morto em seu apartamento e foi o roteirista David Katz quem avisou as autoridades nova-iorquinas. Segundo informações do jornal Wall Street Journal, ele tinha uma seringa no braço e estava cercado por papelotes de heroína.

Atores e diretores lamentam a morte de Philip Seymour Hoffman no Twitter.

Karen Samfilippo, agente do ator, revelou nesta terça que o funeral será exclusivo para parentes e amigos e não terá data nem local divulgado para o público. “ Os planos são de fazer um serviço de memorial neste mês em Nova York. Em vez de flores, a família solicita que sejam feitas doações em nomes de Phil a duas instituições de caridade que eram próximas ao coração dele: The DreamYard Project e Christopher e Dana Reeve Foundation. A família quer agradecer a todos pelo suporte e pelos votos.”