Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Entrevista

Quem é Xamuel, sensação do TikTok ‘criado’ em batalha de rima que assinou com gravadora?

Durante entrevista à Rolling Stone Brasil, Xamuel falou sobre parceria com Universal Music Brasil e relembrou jornada até aqui

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

Com versos como “Ninguém precisa de padrão / Cada um com a sua beleza natural / A maquiagem é pra quem quiser” e “É pra quem quiser / Pra quem sonha, quem tem luta e quem tem fé / Pra quem tem empoderamento e tá de pé,” o jovem de 17 anos Xamuel viralizou na internet e virou sensação no TikTok, rede social na qual possui 3,5 milhões de seguidores.

Além do TikTok, Xamuel também se destaca em batalhas de rima, que acontecem em São Paulo e Rio de Janeiro, e até com algumas músicas (a maioria reveladas apenas como prévia). Até o momento, ele tem apenas uma canção nas plataformas digitais, intitulada “Alguém conseguiu Entender?”, mas já chamou a atenção de grandes gravadoras.

Nesta sexta, 8, o rapper, artista, criador de conteúdo, tiktoker e influenciador anunciou como assinou contrato com a Universal Music Brasil, uma das grandes gravadoras em atividade no Brasil. Durante entrevista à Rolling Stone Brasil, ele falou sobre essa nova fase e contou como foi o caminho dele até aqui.

Eles se interessarem pela minha personalidade, forma de trabalhar, jeito musical e como me ponho em minhas músicas. É um trabalho no qual acreditam. Olharam para mim, enxergaram o futuro, a gente fez esse contato. Vamos nos empenhar muito para trazer trabalhos cada vez melhores.
Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Conheça Ebony, que faz rap sobre ‘absurdos’ para você ‘ter um lugar livre de julgamentos’ [ENTREVISTA]

De onde vem Xamuel?

Diretamente de Viamão, município no Rio Grande do Sul próximo à capital do estado, Porto Alegre, Rick Samuel Mendes Duarte nasceu no dia 18 de dezembro de 2005 (sim, ele completará 18 anos daqui exatos 10 dias!) e decidiu se apresentar artisticamente como Xamuel.

Ele relembrou como, quando era criança, gostava de fazer aquilo que muitos brasileiros foram acostumados a fazer na infância: jogar bola na rua. Além disso, Xamuel sempre teve uma grande conexão com o bairro no qual morava, Santa Cecília.

No entanto, atualmente o astro do TikTok está no Rio de Janeiro, mas divide a rotina entre a capital fluminense e São Paulo. Ele não consegue ficar muito tempo em Viamão por conta das demandas da vida profissional. Enfim, voltemos à história.

Apesar de ter certa vida social no bairro onde cresceu, Xamuel sempre se sentiu diferente de todos ao redor dele. Era muito tímido. Por conta disso, tinha dificuldade de socializar com outras crianças, desde a creche ao terceiro ano do ensino fundamental. No entanto, quando tinha 11 anos, uma chavinha virou para ele quando começou a frequentar batalhas de rima, responsáveis por deixá-lo mais sociável.

Algo interessante de se notar é que, apesar de não conseguir socializar com outras crianças na infância, Xamuel tem grande público infantil — e ele acha isso muito legal. “Principalmente o tipo de público que atinjo e o fato desse público se identificar comigo, porque, quando eu era criança e acompanhava artistas, eles eram mais velhos,” afirmou.

Poder fazer parte da geração e, ao mesmo tempo, ser reconhecido pelo povo que é da mesma geração que eu, é muito chave, mesmo.
Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Hungria se baseia no passado para dar passo em direção ao futuro com 'Lobo-Guará' [ENTREVISTA]

‘Música nunca foi uma escolha minha’

É bastante difícil de lembrarmos quando foi nosso primeiro contato com música, ainda mais no Brasil, visto que quem costuma nos apresentar essa cultura são nossos pais ou responsáveis, e então descobrimos artistas novos com maior aprofundamento. O mesmo aconteceu com Xamuel.

Principalmente por conta dos pais e outros integrantes da família, o cantor cresceu com muito contato com a música. “Nunca foi uma escolha minha. [...] Sempre esteve inserida na minha vida,” disse. “Quando eu comecei a rimar também foi algo muito natural. A minha primeira música foi logo em seguida.”

Logo na primeira batalha de rima na qual participou, Xamuel foi o grande vencedor e, como prêmio, ele teve o direito de gravar uma música no estúdio dos organizadores do evento. Ou seja, ele não necessariamente escolheu gravar. Foi algo natural, “muito do universo, sabe?”

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Linda Ramalho lança álbum de estreia em cantando Zé Ramalho [ENTREVISTA]

Batalhas de rima foram como uma salvação para Xamuel

Se for analisar esses 17 anos de Xamuel, o TikTok e lançamento de músicas são algo bastante recente, enquanto as batalhas de rima já são veteranas. Inclusive, esses eventos foram muito importantes para ele, muito além de ajudá-lo a socializar.

A importância das batalhas de rima para mim é a importância para qualquer outra pessoa que seja de quebrada, de periferia, e cresce no meio de muitas coisas que não são boas influências. Aí você se depara com uma parada que é uma influência totalmente boa, responsável por te ajudar em várias questões. 

Como ele explicou, existem pessoas que ficam e frequentam as batalhas de rima porque é o único lugar no qual conseguem se sentir abraçadas: “Passa a vida inteira discriminado, julgado e tratado como se fosse uma pessoa diferente das outras. Quando chega na batalha de rima, vê que as pessoas são diferentes e isso é o lado bom.”

Segundo Xamuel, as batalhas de rima formaram a personalidade dele e ajudaram a amadurecer e crescer. Além disso, foi algo responsável por mudar a vida do jovem artista — mas esse foi um processo que demorou bastante e exigiu muito trabalho.

“Tem gente que nunca teve uma perspectiva por coisas que são da sociedade,” constatou na conversa. “A batalha de rima é um ponto no qual qualquer pessoa pode ser o que ela realmente é e ganhar alguma coisa por isso.

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Conheça Chameleo, que se inspira na própria ansiedade em álbum pop dançante sem ‘se podar’ [ENTREVISTA]

Ninguém precisa de padrão

Por conta das batalhas de rima e outros tipos de conteúdo, Xamuel já tinha grande número de visualizações e seguidores no TikTok, mas ele conseguiu furar a bolha com uma música, apelidada de “Ninguém Precisa de Padrão,” feita para uma propaganda da marca de beleza Luna Beauty.

No dia 2 de outubro de 2023, o influenciador e a empresa lançaram um vídeo de 30 segundos com uma canção que incentiva às pessoas a não rotularem por gênero quem usa maquiagem, além de se afastar da ideia de padrão de beleza. Leia a letra abaixo:

Ninguém precisa de padrão
Cada um com a sua beleza natural
A maquiagem é pra quem quiser
(Ué, mas isso não é coisa de mulher?)
É pra quem quiser
Pra quem sonha, quem tem luta e quem tem fé
Pra quem tem empoderamento e tá de pé
Dança com a gente
Luna Beauty e Xamuel

https://www.tiktok.com/@xamuelmc/video/7285463455274913030

O convite surgiu de uma iniciativa da marca, após Xamuel viralizar nas redes sociais com uma rima durante batalha na BDA 7 ANOS. Luna Beauty estava no processo de criação de uma linha de maquiagem e queria vincular essa ideia com uma rima. Então, a empresa mandou uma proposta para ele criar um jingle chiclete, com rimas, para promover os produtos.

Segundo ele, o lema da campanha era algo como “maquiagem é para quem quiser, abraçar a diferença das pessoas e não correr atrás de uma beleza que muitas vezes não existe.” A faixa foi uma coprodução de Xamuel e Mask.

Para o cantor, esse assunto da pergunta deveria ser abordados por outros artistas com o público parecido com o dele. “Prego, principalmente, liberdade. Para mim não faz sentido você impedir uma pessoa de se vestir como ela quiser ou se ela faz o que ela quer da vida,” explicou. “As pessoas precisam ser cada vez mais livres.”

Prego é literalmente isso: ninguém precisa de padrão. As pessoas precisam ser cada vez mais livres, seja em cima do trabalho, da arte ou da liberdade. Precisamos respeitar as escolhas dos outros.

“Nas primeiras semanas deu o estouro que deu e continuou subindo muito. É um trabalho que tenho muito orgulho de ter feito, ficou uma música com o propósito no qual imaginamos e deu tudo certo. Foi sucesso,” comemorou.

Vale destacar o processo criativo de Xamuel bastante influenciado pelas batalhas de rima. Ele costuma fazer tudo no freestyle e improviso. Por exemplo, quando fazia “Ninguém Precisa de Padrão,” ele pensava no feat e aproveitou para incluir a amiga dele, Rastinha, que estava presente no estúdio.

“É ela quem pergunta: ‘Ué, mas isso não é coisa de mulher?’ Eu montava as coisas, e tive essa ideia. Falei: ‘Parceira, grava isso aqui para mim aí?’ Passei o que era para fazer e terminamos a música. Aí já mandei para os caras e eles amaram," relembrou.”

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Måneskin sobre rejuvenescimento do rock: ‘É bom para os jovens nos ver tocando instrumentos analógicos’ [ENTREVISTA]

Mortal para trás

Outro grande sucesso de Xamuel foi um trecho de uma música em produção apelidada de “Mortal para trás.” Tudo começou quando ele apresentou uma parte dela em um evento e publicou este momento no TikTok. Lá nos stories do Instagram, diversos seguidores começaram a pedir para mostrar “oficialmente.”

Em um pedido feito na caixinha de perguntas da rede social, ele cedeu e publicou o trecho, que outras pessoas publicaram no TikTok e se tornou um fenômeno viral. Feita em parceria com Leo Square, “Mortal para trás” tem uma letra bastante irreverente, com tom bastante cômico. Leia:

Agora eu não posto foto
Eu não quero click
Eu só quero paz
Somente essa mina branca
Como é que eu vou explicar pros meus pais
Que ela bebe, fuma e senta demais
Na cama só falta o mortal pra trás
Trás trás trás trás trás trás
O iPhone

“Estamos com um trabalho muito pesado em cima dela para podermos abordar um lançamento, quem sabe, em alguma data,” revelou à Rolling Stone Brasil. “É uma música toda para ser engraçada e cômica, desde o beat até a letra e tudo. Fizemos a parte brincando e tal… eu gostei.”

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Melim celebra fim de ciclo com lançamento de DVD [ENTREVISTA]

Alguém Conseguiu Entender?

O mais recente sucesso de Xamuel foi o lançamento de “Alguém Conseguiu Entender?”, feita em parceria com Dubaile e produzida por Caio Passos e Pedro Lotto. Inclusive, o começo da letra vem daquela rima que rimou no BDA 7 ANOS.

“Eu falo muito sobre liberdade, mas o que mais gosto de fazer é de dar para o meu público o que ele pede. Na época eu recebia: ‘Xamu, isso é muito bom, faz uma música com isso, faz um trabalho com isso, faz uma referência,’” comentou. “Porém, eu não gosto de criar em cima de coisas que já existam.”

“Não queria pegar a rima, repetir ela e fazer outro trabalho em cima de um beat igual, por exemplo. Então mantivemos o BPM da batida, porém Caio Passos e Pedro Lotto tiveram uma ideia em cima e levaram para um lado mais diferente, mais artístico, do beat que já existia, que era um afro trap e reggaeton,” continuou. “Levaram para o lado mais diferente.”

No estúdio, Xamuel e Dubaile mudaram um pouco as frases do refrão, mantiveram o ritmo e fizeram um trabalho em cima. Ou seja, o quarteto criou uma música e com referência à rima, ao invés de simplesmente transformarem em uma canção.

Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: The Hives retorna ao Brasil sob luto de Randy Fitzsimmons e com plano para 'roubar fãs de bandas populares' [ENTREVISTA]

O hate da internet

Seja pelo estilo com cropped e delineado ou pelas músicas diferentes, Xamuel recebe muitos comentários negativos nas redes sociais e comentários dos vídeos, mas ele não se importa muito com xingamentos e citou como quer quebrar a corrente de ódio da internet.

“Desde muito novo, sou acostumado com batalha de rima. Então não tem nada que uma pessoa me diga na internet que eu já não tenho ouvido dez vezes pior de qualquer MC durante seis anos de batalha,” afirmou. “Sempre fui muito acostumado com crítica e essa pressão toda, porque eu sempre fui o MC mais diferente.”

“Quer dizer, eu era uma criancinha marrentinha, gritava na cara dos outros quando eu rimava, então sempre veio tudo isso para mim de uma forma ou de outra,” denotou em seguida. Ele ainda aproveitou para falar sobre toda raiva na web:

O ódio, seja pela internet ou pessoalmente, é sempre um ciclo. É algo que uma pessoa recebe e ela se vê obrigada devolver para outra pessoa, senão ela ficará com isso dentro dela. Eu fico muito feliz, na verdade, que esse ódio todo é direcionado para mim porque eu não sou uma pessoa que vai espalhá-lo de volta para alguém.
Xamuel (Foto: @wcnoclick)
Xamuel (Foto: @wcnoclick)

+++LEIA MAIS: Priscilla encarna nova era e entra de cabeça no pop com visual e som ‘autênticos’ [ENTREVISTA]

Xamuel é multitarefa

Quando começou a ter diversas personalidades na internet, seja rapper, influencer, tiktoker ou criador de conteúdo, Xamuel teve bastante dificuldade. Atualmente, ele consegue se organizar e vai até já tem novas batalhas de rima marcadas para um futuro próximo.

Como artista da Universal Music Brasil, ele prometeu entregar bastante esforço, seja da parte dele ou da gravadora. Para 2024, eles têm programado um projeto descrito como “lindo” pelo cantor, mas não se aprofundou mais no assunto para não estragar as surpresas.

Será o primeiro e principal ano após próximos que virão da minha parceria com Universal. Esperem projetos diferentes que, ao mesmo tempo, sejam incríveis e que te surpreenderão, com certeza! Você pode não gostar, você pode amar, você pode adorar, você pode odiar e falar o que for, mas você se surpreenderá.

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!