Pulse

Quentin Tarantino é criticado por Emmanuelle Seigner, esposa de Roman Polanski, por novo filme

O longa chega nos cinemas nacionais no dia 15 de agosto

Redação Publicado em 30/05/2019, às 18h29

None
Quentin Tarantino (Foto: Laurent Cipriani/AP)

Quentin Tarantino chega a sua nona obra com o filme Era Uma Vez em…Hollywood, que narra o assassinato da ex-companheira de Roman Polanski, Sharon Tate, interpretada por Margot Robbie, pelos seguidores de Charles Manson em 1969. O filme estreou no Festival de Cinema de Cannes e gerou reações mistas

Emmanuelle Seigner, esposa de Roman Polanski, criticou o cineasta por não ter consultado seu marido antes de fazer o filme. A atriz publicou em seu Instagram que o diretor estava “usando a tragédia de alguém e para se beneficiar contando uma história".

+++ Tarantino briga com jornalista ao ser questionado sobre o papel de Margot Robbie em novo filme

“Eu estou apenas dizendo que eles não se incomodam (em Hollywood) em fazer um filme que mostre trágica história de Roman… enquanto ao mesmo tempo que "exilaram" ele. E tudo sem consultá-lo, é claro”, escreveu. "O conceito me incomda", acrescentou. 

Polanski foi exilado de Hollywood depois que admitiu ter estuprado uma menina de 13 anos, em 1977. 

O longa se passa em Los Angeles, no fim da década de 1960, com os atores Brad Pitt, Leonardo DiCaprio e Margot Robbie. O filme chega aos cinemas nacionais em 15 de agosto.

Assista o trailer abaixo:

+++ De Zeca Pagodinho a Kendrick Lamar, Djonga escolhe os melhores de todos os tempos