R. Kelly entra em briga na prisão; entenda o caso

Cantor aguarda julgamento por acusações de crimes sexuais em cadeia de Chicago

Redação Publicado em 27/08/2020, às 15h46

None
Cantor R. Kelly (Foto: Amr Alfiky / AP)

R. Kelly entrou em uma briga na prisão de Chicago, nos Estados Unidos, segundo informações do TMZ. O cantor está preso desde 2019 e aguarda julgamento a uma série de acusações de crimes sexuais. 

De acordo com as fontes do TMZ, a briga ocorreu na cela do cantor, que foi espancado por outro detento. A motivação seriam ações preventivas de isolamento na penitenciária devido aos protestos de fãs Kelly no exterior da prisão. A avaliação médica não constatou ferimentos graves.

+++ LEIA MAIS: 7 revelações chocantes do novo documentário da Netflix sobre Jeffrey Epstein

Na última semana, um grupo de pessoas protestou pela libertação do cantor em Chicago. De acordo com o site Capital Xtra, um pedido de habeas corpus feito pela defesa do cantor, em razão de preocupações com a saúde do acusado e a pandemia, foi negado para evitar "fuga ou tentativas de obstrução e ameaça contra testemunhgas", explicou a juíza Ann Donnelly

Em maio, Kelly se declarou inocente perante todas as acusações federais de tráfico sexual e transmissão intencional de DSTs contra ele, realizadas em março. O cantor é acusado de manter relações sexuais com menores de idade e de manter escravas sexuais, além de supostamente ter subornado um oficial para casar com Aaliyah, em 1994, quando a cantora tinha apenas 15 anos.

+++ LEIA MAIS: Por que o site pornô Pornhub é ameaçado de fechamento em petição que alega conteúdos criminosos?

O julgamento do caso ocorreria em abril deste ano, mas foi adiado para outubro após a obtenção de novas evidências. Segundo The Associated Press, novas acusações ainda podem ser feitas com o material encontrado em cerca de 100 novos dispositivos eletrônicos com possíveis provas contra Kelly. 


+++ DELACRUZ SOBRE FILHOS, VIDA E MÚSICA: 'ME ENCONTREI NO AMOR, NA FAMÍLIA, NO LADO BOM'