R Kelly recebe 11 novas acusações de abuso sexual

As novas acusações somam-se à dezena de casos abertos contra o cantor no início deste ano

Redação Publicado em 31/05/2019, às 16h42

None
R. Kelly (Foto: Aaron Gilbert/ MediaPunch / IPX)

R. Kelly recebeu nesta quinta, 30, mais 11 acusações de crimes sexuais, conforme divulgado por promotores de justiça de Chicago. As denúncias somam-se a outros 10 processos abertos contra o astro do R&B em 2019.

Steve Greenberg, advogado do músico, contestou os dados e disse que as novas denúncias são, na verdade, de um caso aberto há 10 anos, e não figura entre as acusações atuais. O caso divulgado nesta semana refere-se a uma vítima identificada como JP. Três acusações referem-se a abuso de menor, e teriam acontecido quando o garoto tinha entre 13 e 16 anos. Em outras, a denúncia é de que Kelly ameaçou e/ou usou força contra o menino.

Kelly  encontra-se atualmente em liberdade sob fiança de US$ 100 mil devido às acusações anteriores. Os casos a serem julgados podem deixa-lo preso de 40 a 70 anos. Sua primeira audiência sobre os novos casos é no dia 6 de junho.

Em março, o músico deu sua primeiro entrevista pública sobre os casos e falou à CBS. Entre lágrimas, negou os casos de estupro de menores, encarceramento e abuso sexual. "Isso não é verdade", disse. "Ou são rumores antigos, são rumores novos, rumores futuros, mas não são verdade. Eu não preciso disso. Por que eu faria isso? O quão estúpido seria que o R. Kelly, com tudo pelo qual eu passei nesse meu caminho, manter alguém preso e sozinho por quatro, cinco, seis, cinquenta horas? Quão estúpido eu teria que ser?"

Além das dezenas de acusações feitas este ano, em 2008 Kelly recebeu 14 denúncias diferentes de posse de pornografia infantil e foi absolvido em todas.

+++ De Zeca Pagodinho a Kendrick Lamar, Djonga escolhe os melhores de todos os tempos