R. Kelly se encontra com advogado que venceu caso de pedofilia para Michael Jackson

O cantor, que está sendo acusado de cometer inúmeros crimes sexuais, busca meios para se defender

Redação Publicado em 15/08/2019, às 11h46

None
Cantor R. Kelly (Foto: Amr Alfiky / AP)

Em 1999, R. Kelly recebeu a primeira acusação de assédio e abuso sexual. Dez anos se passaram e o processo contra o cantor está apenas começando. Na tentativa de se defender, Kelly buscou o poderoso advogado Tom Mesereau, conhecido por ter atuado na defesa de Michael Jackson no julgamento que envolvia o astro em dez acusações de crimes sexuais, incluindo menores de idade.  

Segundo o TMZ, eles se encontraram em Chicago mas ainda não foi confirmado se o cantor trocará de advogado. 

Enquanto Kelly negocia uma possível defesa ao lado de um dos mais requisitados advogados norte-americanos [e com certeza um dos mais caros], ele foi obrigado a pagar as pensões milionárias e acumuladas durante anos que devia para seus filhos.

Em fevereiro,Kelly se entregou às autoridades norte-americanas e foi liberado após pagar US$100 mil de fiança e se declarar inocente. Em julho, ele foi preso por posse de pornografia infantil em Chicago.

As acusações feitas contra o cantor incluem vídeos explícitos de sexo com menores de idade, ameaças às vítimas e subordinação aquelas que não se manifestarem, tráfico sexual, e o casmento ilegal com a cantora Aaliyah aos 15 anos. 

No momento, R. Kelly aguarda o julgamento em que é acusado de 12 casos de abuso sexual.

LISTA: 13 segredos de 'Ladrão', o terceiro disco do Djonga e um dos melhores de 2019