Radiohead não quer discos "convencionais"

Thom Yorke pensa em lançar novas músicas na internet ou em EP; banda pode investir em faixas orquestradas

Da redação Publicado em 12/08/2009, às 13h26

O Radiohead deve investir em novas maneiras de lanças músicas no futuro. Thom Yorke, vocalista da banda, acredita que álbuns completos podem "matar" o grupo e planeja fugir desse formato.

"Nenhum de nós quer entrar novamente em um oba-oba criativo de um disco", afirmou o cantor à revista The Believer. "Quero dizer, isso se tornou um verdadeiro empecilho. Isso funcionou com o In Rainbows [lançado em 2007, no esquema 'pague-o-quanto-quiser', via internet], porque tínhamos uma ideia fixa real sobre para onde estávamos indo. Mas todos dissemos que não podemos mergulhar nisso de novo. Isso irá nos matar." Em março, o guitarrista Ed O'Brien, já havia dito, em entrevista à BBC, que a banda considerava novos formatos para um novo trabalho.

Mesmo ainda distante de lançar um novo álbum, a ideia, segundo o cantor, seria lançar novas faixas em EP ou na internet - como fizeram com o single inédito "Harry Patch (In Memory Of)". Outra possibilidade levantada por Yorke e o também guitarrista Jonny Greenwood seria compor músicas com orquestradas.

"Jonny e eu temos conversado sobre sentar e escrever canções para orquestra ou orquestrá-las por inteiro e fazer apenas isso e depois fazer uma versão ao vivo delas", declarou o frontman. "Sempre quisemos fazer isso, mas nunca fizemos porque acho que sempre pegamos músicas que não foram escritas para isso e aí tentamos adaptá-las."

Em março deste ano, o grupo aterrissou no Brasil para apresentar o repertório de In Rainbows, seu sétimo álbum de estúdio. Paralelamente à banda, Thom Yorke toca projeto solo, que rendeu uma nova música, revelada em meados de julho.