Sam Raimi e Tobey Maguire abandonam franquia do Homem-Aranha

Com a saída das estrelas da saga, estúdio decide reinventar a série: Homem-Aranha 4 é cancelado, e novo filme envolvendo o herói da Marvel será reboot

Da redação Publicado em 12/01/2010, às 10h41

Reviravolta na franquia Homem-Aranha: o quarto capítulo da série, que seria lançado em 2011, não terá mais Tobey Maguire no papel do herói e Kirsten Dunst como a mocinha Mary Jane Watson, nem Sam Raimi à frente da direção.

Com a saída dos principais nomes da saga, os estúdios Sony Pictures anunciaram uma reformulação total na série: o quarto título não será continuação de Homem-Aranha 3, e sim um reboot, ou seja, recomeço da saga - o que dá margem para atores diferentes e nova linha narrativa.

A reencarnação da série teve previsão de lançamento estendida para 2012. Da trilogia bilionária (a arrecadação mundial ficou em torno de US$ 2,5 bilhões), não se sabe exatamente o que permanecerá: John Malkovich, por exemplo, declarou recentemente que estava acertado para o papel do vilão Abutre. Como a trama de Homem-Aranha 4 se desfez, acordos antigos podem não vingar.

Sabe-se de antemão o seguinte: o plano, agora, é trazer Peter Parker, o alter ego do Homem-Aranha, de volta aos tempos de colégio.

"Há uma década, embarcamos em uma jornada com Sam Raimi e Tobey Maguire, e juntos nós fizemos três filmes que estabeleceram novo patamar para o gênero. Quando começamos, ninguém imaginou que poderíamos fazer história nas bilheterias, e agora temos a rara oportunidade de fazer história de novo com essa franquia", diz o comunicado oficial da Columbia Pictures, incorporada à Sony.

Copresidente da Sony Pictures, Amy Pascal comentou a reformulação na série: "Peter Parker, como um jovem ordinário dono de poderes extraordinários, sempre foi o fundamento que fez deste personagem algo tão atemporal e atraente para gerações de fãs. Estamos muito animados a respeito das possibilidades criativas que chegam com o retorno às raízes de Peter".

Raimi vinha entrando em confronto com a Sony há algum tempo, por conta de problemas com o roteiro. Isso não impediu, contudo, que o diretor passasse panos quentes sobre a contenda. Também em comunicado, Raimi adota tom diplomático: "Trabalhar com os filmes do Homem-Aranha foi, para mim, uma experiência para a vida inteira. Enquanto estávamos ansiosos para fazer um quarto episódio juntos, o estúdio e a Marvel têm uma oportunidade única de levar a franquia a uma nova direção, e eu sei que eles farão um trabalho incrível".

A Sony ofereceu poucos detalhes sobre o futuro do Homem-Aranha - limitou-se a falar que a trama se passaria nos anos de ensino médio de Peter Parker, e que os preparativos para a produção começarão "nas próximas semanas". Mas a boataria já corre solta na internet - inclusive rumores de que Robert Pattinson, famoso por interpretar o vampiro Edward na saga Crepúsculo, poderia assumir o papel de Tobey Maguire e encarnar o personagem-título. Não há, contudo, qualquer confirmação oficial.