'Raimundos é mirim perto do funk', diz Digão, dos Raimundos

'Se o Raimundos aparecesse hoje, não sei se iria acontecer', afirmou Digão sobre cultura do cancelamento em entrevista ao podcast À Deriva

Redação Publicado em 03/08/2021, às 12h31

None
Digão, do Raimundos, no podcast À Deriva (Foto: reprodução/vídeo)

Digão, guitarrista e atual vocalista do Raimundos, comparou as letras da banda - que tratam explicitamente sobre sexo - com as do funk, afirmando que as compostas pelo ex-cantor Rodolfo Abrantessão fichinhas perto das rimas dos MCs cariocas e paulistas. 

"Por que o funk está tão em voga?," perguntou Digão em recente entrevista ao podcast À Deriva. "Porque eles [os MCs] estão cagando e andando, falando as m*rdas que for. O Raimundos é mirim perto do funk, brother,", respondeu o músico de 50 anos. 

+++LEIA MAIS: Raimundos: Vídeo mostra reencontro de Digão e Rodolfo Abrantes

Discutindo sobre a cultura do cancelamento que assombra a obra do Raimundos, e de algumas músicas terem envelhecido mal ("Me lambe", por exemplo, naturaliza um homem mais velho se relacionando com uma menina de 17 anos, e "Esporrei na Manivela" é uma ode ao assédio no transporte público),Digão opinou: 

"O Raimundos é meio que um filme do Rambo. É bom para caralho, adoro ver o Rambo, mas eu jamais faria aquilo, jamais pegaria uma arma e sairia metralhando como ele. É entretenimento, velho. É uma coisa para você ver e não fazer. O Raimundos é assim: aquelas m*rdas que falamos são para você não fazer. Já no funk, eles fazem aquilo mesmo."

+++LEIA MAIS: Raimundos: Digão e Rodolfo Abrantes se encontram após 20 anos: ‘Te amo, irmão’

Ainda no tema, o músico brasiliense prosseguiu com sua posição: "Sou contra tudo o que é errado. Errado mesmo; pedofilia e preconceito, mas tem a coisa do bom senso, como a zoeira entre amigos. Irmão chama o outro de 'filha da ´p*ta' e de 'viado' mesmo porque é irmão. Então, estamos indo para um lado para depois achar um termo que fique bom para todo mundo, e que haja um respeito." 

Ao ser questionado se houve uma crítica atrasada ao Raimundos porque, segundo palavras do entrevistador, "as pessoas estão mais sensíveis e se chocam mais", Digão afirmou: "Se o Raimundos aparecesse hoje, não sei se iria acontecer. Do jeito que a coisa está melindrada e que não pode falar nada por que as pessoas te cancelam, sabe, é uma coisa que me preocupa muito porque você não poder ser você mesmo."

+++LEIA MAIS: Detonautas critica músicos conservadores em single ‘Roqueiro Reaça’: ‘Parou no tempo e se tornou boçal'

Confira abaixo a entrevista do Digão ao podcast À Deriva


+++ FIUK: 'TENHO ROCK NA VEIA DESDE CRIANÇA' | ENTREVISTA | RS