Rancho Neverland, de Michael Jackson, será vendido

“Nós estamos frustrados, desapontados e tristes que tenha chegado a este ponto”, disse um representante do espólio de Jackson

Rolling Stone EUA Publicado em 01/08/2014, às 15h24 - Atualizado às 17h52

Os portões de entrada de Neverland, na Califórnia: propriedade poderá ser transformada em escola de música
AP

O rancho Neverland, de Michael Jackson, será colocado à venda em um futuro próximo. A Forbes noticiou que a propriedade de quase 11 km² em Los Olivos, na Califórnia, será comprada pela imobiliária Colony Capital, que se tornou parcialmente dona de Neverland depois de um acordo com o Rei do Pop feito em 2008. “Nós estamos frustrados, desapontados e tristes que tenha chegado a este ponto”, disse um representante do espólio do cantor à publicação. “Infelizmente, Michael perdeu o controle sobre Neverland por conta de um conselho de um ex-empresário.”

Sete coisas que a cultura pop aprendeu com Michael Jackson

O representante do espólio de Jackson disse ter considerado muitas opções em relação ao rancho, inclusive comprá-lo de volta, mas foi determinado que a quantia – incluindo os milhões necessários para a manutenção do espólio – tornou a proposta insustentável. Os executores disseram que é o trabalho deles é serem “fiscalmente responsáveis para proteger e estimular o crescimento do espólio para os filhos de Jackson”. (A Forbes afirma que o espólio gerou mais de US$ 750 milhões desde a morte do músico em 2009, antes das taxas e gastos.)

Michael Jackson: veja fotos íntimas do Rei do Pop na adolescência

O acordo feito entre Jackson e a Colony Capital definiu que a firma administraria Neverland com o Rei do Pop. Quanto mais dinheiro a empresa investisse no rancho, a porcentagem correspondente da propriedade dela cresceria e a de Jackson diminuiria. A Forbes sugere que a Colony tenha investido mais de US$ 50 milhões em Neverland.

O cantor comprou o rancho em 1988 do empresário William Bone, de acordo com o USA Today. A partir de 2003, a propriedade passou a ter 22 construções, incluindo casas para hóspedes, apartamentos, estábulos, um cinema e um parque temático. Na época, o rancho foi avaliado em US$ 30 milhões.