Pulse

Rapper Jay-Z vai entrar no mercado da maconha legalizada

O bilionário estreia no mercado legal de cannabis e assume o cargo de estrategista da marca Caliva

Rolling Stone EUA Publicado em 10/07/2019, às 13h04

None
O rapper Jay-Z une esforços com o negócio de maconha legalizada (Foto:Ben Margot/AP)

Jay-Z entrará no mercado legal de maconha ao assumir o posto de estrategista da Caliva, uma empresa californiana de cannabis.

O rapper e empresário assume a direção criativa e os esforços de divulgação da marca, além de questões relacionadas à justiça social. Entre suas funções, ele pretende aumentar a participação de pessoas que saíram da prisão e estão sendo mantidas fora dos negócios, reintegrando-as na sociedade.

"Qualquer coisa que eu faça, eu quero fazer corretamente e no mais alto nível", comunicou Jay-Z. "Queremos criar algo incrível, nos divertir no processo, fazer o bem e atrair pessoas pelo caminho.”

Recém-inserido na lista de bilionários da Forbes, o rapper já procurava por um parceiro adequado na indústria de cannabis. “Para Jay-Z buscar a Caliva como parceira, isso é uma prova de humildade e confirma nossa missão de ser o nome mais confiável da maconha", afirmou Dennis O'Malley, diretor-executivo da Caliva.

Ele não é o único rapper a se envolver nos negócios. Em 2015, Snoop Dogg lançou a sua própria marca de maconha, Leafs by Snoop (distribuída no Canadá pela empresa Canopy Growth).

+++ SESSION ROLLING STONE: Cynthia Luz acredita no amor puro com "Não Sou Sem Nós"